Total de acessos

Teste

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Mercado imobiliário da capital mineira piora a cada dia

Contribuição do leitor Ederson
O Sinduscon-MG divulgou pesquisa nesta terça-feira (dia 24) sobre o desempenho do mercado imobiliário de Belo Horizonte nos primeiros quatro meses de 2014. E os resultados para a capital e o país não são dos melhores. O PIB da construção civil do Brasil registrou queda de 2,3% no primeiro trimestre deste ano frente os últimos três meses de 2013.
A franqueada das imobiliárias RE/MAX Mix e RE/MAX Galaxy, Elaine Takahashi, descarta queda nos valores cobrados pelos imóveis neste ano. “Já ouvi comentários de que os preços vão cair depois da Copa. Só que essa não é a tendência”, diz.
Ela afirma que 2014 é um ano atípico para o segmento, em razão da Copa e das eleições. De janeiro a maio em relação ao mesmo intervalo de 2013, as vendas tiveram recuo de 20%.
A queda confirma a pesquisa do Sinduscon-MG, baseada em dados do Ipead/UFMG, que mostrou queda de 28,01% na comercialização de apartamentos nos primeiros quatro meses deste ano frente igual período do ano anterior. A velocidade de vendas também teve redução neste período, de 5,87 pontos percentuais.
Indicadores pioram a cada dia
Não é só no acumulado dos quatro primeiros meses de 2014 que as vendas de apartamentos em Belo Horizonte foram inferiores aos do ano passado. Levantamento do Sinduscon-MG, considerando o período dos últimos 12 meses (maio/13 a abril/14) em relação aos 12 meses imediatamente anteriores (maio/12 a abril/13), mostra que o número de unidades vendidas reduziu 15,60%.

Analisando apenas abril, o recuo na comercialização continua. A queda, em relação ao mesmo mês do ano anterior, foi de 60,06% .
(O Tempo - Capa - 25/06/2014)

VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

7 comentários:

  1. "Ela afirma que 2014 é um ano atípico para o segmento, em razão da Copa e das eleições".
    Boa! Primeiro a Copa era razão pra subirem os preços. Agora é motivo pra eles caírem. Oi?!?! Eleições então! Nada a ver. Que energúmena essa mulher! Fora que ela esqueceu de olhar que a queda começou em 2013

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade!

      Eu escutei esse discurso. Esses dias mesmo encontrei um conhecido que virou corretor e, testando ele, o mesmo disse: ano de copa, eleição, sabe como é.

      Realmente, eu sei como é.

      Excluir
  2. Gostaria de saber qual seria o preço justo dos imóveis para as regiões Brasileiras, capitais e interior;
    Ivan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Ivan:

      Sugerimos a você a leitura de um dos 4 post mais lidos do blog, de setembro de 2012, onde o especialista Samy Dana afirma "Acredito que uma desvalorização de 40% nos imóveis seria razoável para recolocá-los no preço real, que está em descompasso com a realidade brasileira” (http://www.observadordomercado.blogspot.com.br/2012/09/precos-dos-imoveis-devem-cair-40-afirma.html).

      Sugerimos também um dos sites que indicamos em nosso blog, chamado Comparar Imóveis, que você pode acessar na barra direita do blog em "Blogs e artigos que indicamos".

      Esperamos tê-lo auxiliado.

      Um abraço,

      Observador

      Excluir
    2. Ivan, a decisão final tem que ser tua pois é você que vai arcar com os ganhos ou consequências disso no bolso.

      Se fosse *comigo* eu esperaria mais pois acho que existe uma grande pressão inflacionária nos setores de energia (combustível e eletricidade) que o governo está reprimindo por causa das eleições. Depois que sairem os resultados das urnas vai ser inevitável o governo liberar os ajustes e, para evitar um efeito cascata, o BC vai acabar tendo que aumentar ainda mais a Selic. Isso vai ter várias consequências para o setor de construção: menos pessoas vão poder financiar, vai ser mais cômodo investir em CDB ou coisas do tipo, algumas construtoras vão quebrar pois não vão conseguir tocar os investimentos, desemprego no setor, etc. Ao mesmo tempo os aluguéis, que já estão caindo, vão recuar ainda mais fazendo que mais pessoas prefiram não comprar por algum tempo.

      Meu *achômetro* me diz que 2015 vai ser um ano muito ruim para quem tiver comprado na planta e não tiver recebido o imóvel ainda. :-(

      Boa sorte com suas escolhas.

      Excluir
  3. .
    Um ano é porque tem Copa, outro é porque tem Olimpíadas, outro é porque choveu mais em um dia do que o previsto para um mês...
    .
    E assim caminha e imbecilização!
    .

    ResponderExcluir
  4. a situação está ficando preta...
    http://www.infomoney.com.br/blogs/direito-imobiliario-em-foco/post/3386438/escandalo-atraso-obras

    ResponderExcluir