Total de acessos

Teste

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Portal R7: No 'fundo do poço', construção civil terá retomada mais lenta


Enquanto os indicadores de outros setores apontam para uma saída do 'fundo do poço', a construção demonstra um pequeno sinal de melhora, com uma curva menos positiva em relação aos outros ramos de atividade. [...] o preço dos imóveis ainda caindo em termos reais, e a demanda desaquecida do setor, tornam mais difícil a retomada momentânea da construção civil

A construção civil, que atravessa o pior momento dos últimos 12 anos, tende a ser o último a retomar os níveis de atividade. A recessão mais prolongada do setor será ocasionada pelo alto nível de estoques e a insegurança dos consumidores de ingressar em financiamentos.

O desempenho ainda fraco do setor pode ser percebido nas sondagens da construção civil, divulgadas mensalmente pela FGV (Fundação Getúlio Vargas). Enquanto os indicadores de outros setores apontam para uma saída do 'fundo do poço', a construção demonstra um pequeno sinal de melhora, com uma curva menos positiva em relação aos outros ramos de atividade.

De acordo com José Luiz Pagnussat, economista do Cofecon (Conselho Federal de Economia), a construção civil tende a sofrer por mais tempo nos períodos de crise do que os outros setores. Isso porque tem um consumidor mais cauteloso após a passagem do ambiente de crise.

- Em um ambiente de desemprego elevado, as famílias evitam fazer dívidas de longo prazo nesse contexto. Então, não tem um mercado de construção civil reaquecido ainda.

Segundo pesquisa realizada pela Acrefi (Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento), a intenção de realização de financiamentos imobiliários caiu 54% para 42% de março para julho. Para o consultor econômico da Acrefi, Nicola Tingas, ao observar que o futuro é incerto, o consumidor tende a adiar os planos de realizar financiamentos.

Pagnussat avalia que o preço dos imóveis ainda caindo em termos reais, e a demanda desaquecida do setor, tornam mais difícil a retomada momentânea da construção civil.

- É um setor que não tem motivos para retomar os investimentos sobre as construções.

O professor do Ibmec (Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais) Paulo Pacheco analisa que só será possível afirmar que a retomada de crescimento é definitiva quando for verificada uma reversão dos indicadores relacionados ao mercado de trabalho.

- Na hora que a gente começar a ver uma redução do aumento de desemprego, poderemos dizer que todos os setores estão voltando a crescer.

(Portal R7 - Economia - 19/09/2016)

VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

24 comentários:

  1. Nao tera retomada,encheram de "pombais-gaiolas",acabando com o verde do planeta e se esqueceram que havera diminuiçao da populaçao mundial,devido "nova ordem mundial" em andamento,onde casais terao menos filhos ou nenhum,pessoas morrerao,filhos morarao com os pais,vacinas esterilizando as mulheres sem elas saberem,etc....

    ResponderExcluir
  2. Estava no barbeiro, cortando cabelo e em frente havia uma placa de VENDE-Se. O Barbeiro então me falou: -Por que vc não compra esse apartamento? O proprietário está pedindo R$300.000,00;
    Eu respondi pra ele: -mas esse valor aplicado me dá um retorno de R$3.000,00 por mês;
    Ele me respondeu: -Está alugado por R$800,00!?!?
    Ele ainda disse: -Se está alugado por R$800,00, então o preço do imóvel não poderia ser mais que R$80.00,00;
    Eu respondi: -BINGO!!!!!!!!
    Exatamente meu amigo.
    Esse assunto está na boca do povo e quando tornar público e todos tomar conhecimento que foram fraudados, virá o efeito manada;
    Mas o que virá a ser Efeito Manada?
    Efeito Manada se dará quando o mercado perceber que não está vendendo de fato e todos começarem a dar descontos e mesmo assim não vão conseguir vender e o vizinho vai dar desconto e o outro vai dar desconto, desconto, desconto...
    Isso vai ser bom? Absolutamente, não! Mas será necessário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquele que for menos ambicioso, ou, mais esperto, vai chegar primeiro e realizar, garantindo sua parte do pouco dinheiro a vista que existe no mercado financeiro.

      Excluir
  3. Esta ai uma frase sensata e tendencia logica:
    "É um setor que não tem motivos para retomar os investimentos sobre as construções."
    Pois a compra do "bolhudo", so se dara caso o emprego retorne, e como emprego o ultimo na cadeia produtiva, o produto "imovel", ficou mais longe ainda do bolso Brazuka.
    Resumo: Construir pra que,pra vender pra quem?



    ResponderExcluir
  4. Calma pessoal... são fases... ciclos...pra quem tem grana, tanto faz se o rio vai pra cima ou pra baixo... agora pra quem ñ tem, infelizmente, ñ tem solução boa... ou na grande maioria das vezes.
    Leio o pessoal falando que é melhor ter 300.000,00 aplicado (1%), do que comprar um imóvel e ficar imóvel. Ok. Concordo, com uma única ressalva... TER OS 300.000,00!!!!
    Na grande maioria das vezes, a pessoa NÃO TEM essa grana e, infelizmente, conforme disse, ñ existe solução tão boa...
    O verdadeiro investidor, sabe dos riscos e tem paciência e grana para esperar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. La vem os "depenados"...kkkkk tentando falar que imovel-bolhudo e investimento... 1 mil o m2 ainda vamos pensar se queremos ficar imoveis...ou comprar um camaro pra ficar super movel...kkk..vi uma casa container a venda por 75 mil no mercado livre, e achei super interessante.

      Excluir
    2. Meu amigo 12:27 eu tenho essa grana e não sou louco babando de comer bosta e rasgar dinheiro de deixar de R$3.000,00 em aplicações para ganhar R$800,00 de aluguel???????????????
      Deixa de ser corvo anônimo e trazer confusão.
      Eu vendi meu imóvel e apliquei e não quero e não vou comprar tão cedo meu amigo, pois hoje com metade desse dinheiro compro o mesmo apartamento que vendi por R$550.000,00.

      CORVO DETECT, CORVO DETECT!

      Excluir
    3. Desperate Crow...

      Excluir
  5. O tempo é inimigo de quem PRECISA do dinheiro.
    Se o cara não tem, blz, tá de boa.
    Se o cara tem, vai negociar no talo.
    Agora, se necessita de vender pra viver, vai involuir o capital...esse sim tá fudido.
    Tempo e paciência nesse mercado joga no time do "possível" comprador.
    Essa bolha, fato inédito aqui, foi uma grande lição, ninguém vai se meter a besta com tijolo mais, teremos outros conceitos mais realistas daqui pra frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito..."Imovel e plantado" quem fica e arvore...conceitos mudaram...

      Excluir
  6. Não temam, Temer tem à solução!😂😂😂

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, você é um grande babaca. De vez em quando você posta essa rídicula frase. Daaaaaã! Retardado!

      Excluir
  7. Preços: apto 400k hoje, 120k Jan2018. 900k hoje, 200k Jan2018...e não tem churumelo

    ResponderExcluir
  8. Tinha 2 imóveis, a 2 anos atrás vendi 1 por 480k, tenho rendimento de $4.500 reais mensais.
    Acreditem ele estava alugado por $1.350.É MOLE OU SE QUÉ +.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uai... se vc tinha DOIS (!!!), e vendeu um para aplicar e se deu bem, porque ñ vendeu os DOIS???? Pagar aluguel é um ÓTIMO investimento!!!! Pelo menos para os especialistas de boteco daqui... kkkkkkk
      Mas vc fez o correto.... mesmo que contrariando os especialistas daqui... vc dividiu suas aplicações... parabéns, é assim mesmo, diversificar as aplicações...

      Excluir
    2. Rentabilidade da aplicação: 1%am. Custo do Aluguel: 0,3%am. Qual buteco tem que frequentar pra NÃO entender essa conta?!

      Excluir
    3. Mas é um idiota. Nunca ouvi falar neste blog que aluguel é investimento. Acredito que é corretor. Não?

      Excluir
    4. Pergunte aos Bancos.
      Será que eles têm agências em prédio próprio?
      Pagar aluguel de imóvel é infinitamente mais barato do que aluguel de dinheiro pra comprar imóvel, além da indexação da dívida a TR...
      Guarde $ a 1% e pague aluguel, quando lhe for conveniente, compre ou construa...
      Obs: Vai ser muito antes de 35 anos, e com um detalhe: Viver em paz.

      Excluir
  9. Só queria saber onde está essa aplicação que rende 1% ao mês ? Alguém pode me informar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exemplo LCI. Nos bancos tradicionais (Bradesco, Caixa, BB etc) pagam 80% ou mais da taxa CDI dependendo do valor aplicado. Isso daria rendimentos de mais ou menos 0,90%~0,95% do valor. Sem IR, sem taxa bancária etc.
      Mas existem bancos de investimentos, que só tratam de investimentos. Por não terem uma propaganda mais forte, pagam um % maior do CDI podendo chegar a rendimentos de 1% ou mais.
      A diferença que esses bancos as vezes possuem apenas um escritório, tudo é feito online, ao contrário dos bancos conhecidos que encontramos em qualquer bairro. Se um banco quebrar vc vai querer ir até o local para receber o que é seu. E aí? Risco maior, maior rendimento.

      Excluir
  10. Acho que imóvel para vender hj tem q ter preço abaixo de valor de mercado , venda de giro , lucro bem abaixo para poder fazer girar

    ResponderExcluir
  11. LCA, LCI, está dando lucro limpinho sem IR de 0,94%.
    Eu fiz isso, em 2013 percebi que o mercado estava louco. Coloquei meu apartamento à venda, minha esposa quase me matou.
    Tinha comprado por 25.000,00 em 2007 e vendi por 240.000.
    Claro que não paguei um centavo para os Corvos.
    Aluguei uma casa e desde então, estou no aluguel pagando 1.000 e estou recebendo de juros 2.400 por mês.
    Detalhe mais importante que os ganhos com os juros é que com $100.000 compro imóvel muito melhor do que eu vendi.
    Mas, sinceramente, estou muito feliz ganhando juros e feliz por ter feito a escolha certa.
    Abraços meus amigos e corram para vender, se vender kkkkkkkkk
    Bebe água limpa, quem chega na frente.

    ResponderExcluir
  12. Para tudo!!!!
    Tem gente que não sabe que tem aplicação que rende 1% a.m?????
    Tem gente que acha que imõvel valoriza eternamente?????
    Tem gente que não sabe o que é TR????
    Aos poucos vamos entendendo porque certas coisas acontecem...

    ResponderExcluir