Total de acessos

Teste

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Estadão: Valor de imóveis retomados por bancos sobe 50% e se aproxima dos R$ 10 bilhões

A situação evidencia o risco da carteira imobiliária. [...] Entre os fatores que contribuem para essa estatística estão a alta do desemprego, que compromete a capacidade de pagamento do mutuário, e o fato de boa parte dos imóveis estar financiada com alienação fiduciária, o que facilita a retomada dos bens

O valor dos imóveis retomados pelos bancos por inadimplência no financiamento disparou com a crise econômica. O estoque de imóveis em posse das instituições saltou de R$ 6,5 bilhões, em novembro de 2015, para R$ 9,8 bilhões, no mesmo mês de 2016 - alta de quase 50%, segundo dados do Banco Central compilados a pedido do Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

A situação evidencia o risco da carteira imobiliária. Embora não haja estatísticas oficiais do mercado de leilões, o presidente da Federação Brasileira de Leiloeiros Públicos Oficiais (Febralei), Vicente de Paulo Costa Filho, estima que a oferta de imóveis em leilões tenha crescido 80% nos últimos dois anos.

Entre os fatores que contribuem para essa estatística estão a alta do desemprego, que compromete a capacidade de pagamento do mutuário, e o fato de boa parte dos imóveis estar financiada com alienação fiduciária, o que facilita a retomada dos bens, explica Ronaldo Milan, da Milan Leilões.

O imóvel em execução passa por até dois leilões. O primeiro pede o preço de mercado. Se a venda não ocorre, o segundo evento pede o valor da soma do financiamento devido e dos custos processuais - neste cenário, os imóveis geralmente saem com desconto. Como esses bens têm custos embutidos (como IPTU e condomínio), os bancos querem repassá-los adiante de forma rápida.

Ao retomar um imóvel, o banco evita a alta da inadimplência, mas assume a obrigação legal de se desfazer do bem. "A venda é uma arte na qual estamos tentando nos aprimorar, pois não somos experts nesses procedimentos", diz o superintendente executivo de negócios Imobiliários do Santander, Fabrizio Ianelli. Já o diretor de crédito imobiliário do Bradesco, Romero Albuquerque, espera redução da execução de garantias em 2017.

Termômetro
Na Caixa Econômica Federal, que concentra 70% do crédito imobiliário no Brasil, o total de imóveis retomados subiu de 8.775, em 2015, para 15.881, em 2016 - uma alta de 81%. Diante disso, a Caixa firmou parceria com o Conselho Federal de Corretores Imobiliários (Cofeci) para tentar desovar o seu estoque, que atualmente soma 24.585 unidades.

Segundo o presidente da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), Gilberto Abreu, medidas como carência para retomada dos pagamentos, ampliação de prazos, transferência de atrasos para parcelas futuras têm surtido efeito neste momento de crise.

Isso, segundo ele, tem ajudado a inadimplência do crédito imobiliário ficar ao redor de 2%.

(Estadão - Economia - Notícias - 28/01/2017)

VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

71 comentários:

  1. Titulo da matéria é confuso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro leitor:

      Houve um erro de digitação. Onde se lê 'sobre', na verdade é 'sobe'.

      Agradecemos pelo alerta e nos desculpamos pelo erro.

      Um abraço,

      Observador

      Excluir
    2. Dá perfeitamente para entender. Mas sempre tem um idiota metido a intelectual da língua portuguesa querendo aparecer. Pessoas assim sofre de distúrbios.

      Excluir
    3. IDIOTAS SÃO AQUELES QUE DEFENDEM OS ERROS DE QUALQUER NATUREZA, DEVEMOS CORRIGI-LOS SE QUISERMOS MELHORAR.

      Excluir
    4. Concordo. Tem sempre um metido a professor de Português em tudo. Existi vários estudos que comprovam que esse tipo de comportamento, vem de pessoas tristes e depressivas. Procure um bom médico amigo, reconhecer que sofre de um distúrbio e aceitar tratamento já é um ótimo caminho.

      Obs: Não coloquei link das matérias aqui sobre pessoas que corrigem erros de português, geralmente tem problemas, pelo fato de saber se o blog iria permitir ou não. Em todo caso basta pesquisar no google e verás tudo que disse aqui.

      Excluir
    5. 'Existi" ??? Kkkkkkkk

      Excluir
    6. Esse Anônimo2 de fevereiro de 2017 06:51 é um doente mesmo, vai se tratar criatura.

      Excluir
    7. Anônimo2 de fevereiro de 2017 06:51, tem que ser muito doente para às 6h da manhã um solitário desse tá aqui corrigindo os outros. Tu deve ser um frustrado mesmo.

      Excluir
    8. Esse 9:12, deve ser dono de farmacia..tem cara de xarope....kkk

      Excluir
  2. ALGUÉM AINDA TEM DUVIDA DE QUE ESSE BANANAL NÃO TEM MAIS JEITO.

    “BRASÍLIA – A União só conseguiu vender cerca de 15 imóveis dos 239 colocados no mercado no início do ano passado, segundo estimativa da Secretaria de Patrimônio da União (SPU). O secretário da SPU, Sidrack Correia, afirmou que foram identificados alguns problemas sérios de pendências financeiras de ex-proprietários, que prejudicam as vendas e terão que ser resolvidas. Além disso, o governo trabalha em uma readequação de preços para alinhá-los à atual situação do mercado imobiliário.”

    “Questionado após a abertura, o ministro reconheceu que as vendas foram baixas e afirmou que o governo vai rever os preços para adequá-los a atual situação do mercado imobiliário.

    — Foram feitos diversos leilões, no entanto a performance não tem sido satisfatória em virtude do mercado imobiliário estar pouco comprador. O mercado está mais vendedor do que comprador. Alguns leilões foram frustrados, não tiveram demanda, e nós estamos revisando preços para tentar adequá-los aos preços atuais de mercado.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/uniao-vende-apenas-15-dos-239-imoveis-colocados-no-mercado-20844614#ixzz4XGxI5lXK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixa arder! kkkk O importante é que paguem meus juros!!!!

      Excluir
  3. Se não vender no segundo leilão o que acontece? Haverá um terceiro leilão? Qual será a regra? Haverá custos para o mutuário? Se for vendido por um valor menor que a dívida? Quem assume o prejuízo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse país tudo é incerto, até o passado. Confia em mim, melhor q comprar em leilão e rezar pra não ter nenhuma dor de cabeça é vc aplicar o dinheiro e viver de aluguel. Não se preocupa, vai cair muito ainda o preço de venda.

      Excluir
    2. Prejuizo e com o povao bananense na certa e sem medo de errar.Banco nao toma prejuizo.Por essas e outras, os preços estavam 3 a 4 vezes mais do realmente valem.

      Excluir
  4. Blá Blá Blá. pura balela desses site que inveta historia e os blog só republica essas mentira.
    Basta assessar site de venda de imóvel e vai ver que os valores são aqueles, e nao vai baixar, ao contrario vai subi o valor em breve.
    Brasileiro quer realiza o seu maior sonho que é o da casa propria, o orgulho de todo trabalhado. A economia ja esta se recuperando em todos os setor. A construção civil graças a Deus ja sai dessa crise a muito tempo, pra ser sincero essa crise no meu setor nunca existiu.
    Farei questão de alguns mese vim aqui e mostra a voces que eu estava certo, e que imovel é seguro e o melho investimento e que a cada dia cresce mais. a todos uma boa quinta feira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus Amado. mas logo às 7h e esse Corvo Esfomeado já tá aqui com essa ladainha. Tu não dormi não criatura. A esqueci, sem emprego e vendas, o corvinho tá em desespero.

      Excluir
    2. Bateu desespero né corvo 666. Já não tem argumentos para fazer as pessoas caírem no golpe do corretor 171. Tente outra profissão. PS: lavador de pratos lhe caí muito bem.

      Excluir
    3. KKKKKKKKKK CONTA OUTRA KKKKKKK

      Excluir
    4. Sr. Corretor, me mostre ao menos uma matéria no qual afirma que imóvel é o melhor investimento, ou uma matéria que fala em aumento nas vendas !!!

      Excluir
    5. Oh Corvo, vai procurar se instruir para não falar asneira!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir
    6. Seria bom que o moderador coibisse esse ato de spam que tem ocorrido. É natural ter uma voz discordante, mesmo sendo uma visão alienada da realidade que lhe cerca. Mas spam ja é demais.

      Excluir
  5. Se eu EU fosse um Corretor de imóveis, vulgarmente chamados de abutres, corvos, eu mudaria de profissão.
    Mas como eles não tem vergonha na cara. Fora se eles e seus tijolos milionários.

    ResponderExcluir
  6. Primeiro as construtoras/incorporadoras. Agora os bancos com super estoque.
    Só aguardar que o ploc tá chegando.
    É o fim dos Corvos Esfomeados e da raça Tupiniquim.
    Agradeça, ao velhaco Luladrão 9 dedos e Dilmanta dente de sabri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. QUERO VER QUEM VAI COMPRA-LOS.

      Excluir
  7. Que trágico! Ninguém poderia prever que esse desastre aconteceria, afinal bolha imobiliária é apenas ilusão da mídia e de seus compradores, pobres corvos doidões.

    Nem mesmo com 50% eu não compro nada. Nem carro, nem imóvel.

    http://atarde.uol.com.br/economia/noticias/1834511-em-sp-perda-de-casa-propria-cresce-247
    Nem mesmo com 50% eu não compro nada. Nem carro, nem imóvel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EU SOU DA MESMA OPINIÃO. EU PODERIA ADQUIRIR O IMÓVEL NO QUAL ESTOU MORANDO, PREFERI ALUGA-LO, POIS NA APLICAÇÃO ME SOBRAM R$ 4.200,00/ MÊS, ISTO SIGNIFICA QUASE R$ 50.000,00/ANO.

      Excluir
  8. LEILÕES EXPLODINDO ????
    nem imaginei que isso pudesse acontecer
    Corvos Esfomeados em desespero total

    ResponderExcluir
  9. Vejam essa notícia.

    BC abre consulta pública para resolução sobre Letra Imobiliária Garantida

    O Banco Central informou nesta segunda-feira, 30, a abertura de consulta pública para proposta de resolução sobre as Letras Imobiliárias Garantidas (LIG). De acordo com o BC, “o título tem garantias reais de operações de crédito segregadas do ativo do banco emissor, o que confere maior segurança ao respectivo investidor. Constitui instrumento de captação de recursos, alternativo às fontes tradicionais, com potencial para contribuir para a expansão do crédito imobiliário nos próximos anos”.
    O BC informou ainda que a minuta de regulamentação visa a disciplinar as disposições da Lei nº 13.097, de 19 de janeiro de 2015, que instituiu o respectivo título de crédito, em especial os aspectos relacionados aos requerimentos e procedimentos necessários à emissão do instrumento, os requisitos da carteira de ativos e as condições para a sua administração, bem como os deveres e prerrogativas das instituições emissoras e dos agentes fiduciários.

    “A minuta está disponível no endereço do Banco Central do Brasil na internet, http://www.bcb.gov.br, no menu do perfil geral Legislação e normas, Consultas Públicas, Consultas ativas, e nas centrais de atendimento ao público, podendo os interessados encaminhar sugestões e comentários até 30 de abril de 2017, por meio de uma das opções apresentadas no edital”, informou o BC.

    Versão brasileira dos covered bonds, a LIG tem como diferencial a dupla garantia do investimento. Os covered bonds são populares na Europa e nos Estados Unidos, usados como instrumento de captação do setor imobiliário.

    ResponderExcluir
  10. SÓ PARA COMPLEMENTAR MEU COMENTÁRIO ANTERIOR SOBRE A CONSULTA PÚBLICA. ACABEI ESQUECENDO.

    BC abre consulta pública para resolução sobre Letra Imobiliária Garantida

    O Banco Central informou nesta segunda-feira, 30, a abertura de consulta pública para proposta de resolução sobre as Letras Imobiliárias Garantidas (LIG).

    O BC informou ainda que a minuta de regulamentação visa a disciplinar as disposições da Lei nº 13.097, de 19 de janeiro de 2015, que instituiu o respectivo título de crédito, em especial os aspectos relacionados aos requerimentos e procedimentos necessários à emissão do instrumento, os requisitos da carteira de ativos e as condições para a sua administração, bem como os deveres e prerrogativas das instituições emissoras e dos agentes fiduciários.

    http://www.opovo.com.br/noticias/economia/ae/2017/01/bc-abre-consulta-publica-para-resolucao-sobre-letra-imobiliaria-garant.html

    ResponderExcluir
  11. MAS com imóvel é diferente! Claro, é bem pior!

    Para os dirigentes do setor, o consumidor em geral continua distante das lojas de carros novos porque as
    famílias continuam endividadas, a renda está mais apertada e o crédito mais distante. Nos bastidores,
    executivos de vendas queixam­se do fato de os bancos estarem excessivamente seletivos. Mas a inadimplência
    justifica a cautela, segundo o presidente da Anef, a associação que representa os bancos das montadoras,
    Gilson Carvalho. Na virada do ano, 4,7% dos clientes pessoa física mantinham dívidas com essas instituições.
    Há dois anos o percentual de inadimplentes era de 3,9%

    ResponderExcluir
  12. Na CHom Na CHom Na Chom quero meu Na CHom Na CHom.

    ResponderExcluir
  13. O coordenador do estudo, Eduardo Zylberstajn, atribui à piora do mercado em geral ao excesso de novos prédios lançados e construídos nos últimos anos, enquanto a economia brasileira entrava em recessão. “O aumento na oferta e a queda na demanda das empresas gerou a derrubada dos preços dos imóveis comerciais”, explica.

    Para 2017, Zylberstajn não espera uma recuperação do mercado, já que a economia nacional permanece estagnada.

    ADOOOOROOO

    “A pesquisa Fipezap também aponta que o investidor de imóveis comerciais tem perdido desde 2015 na comparação com aplicações de baixo risco. Em 2016, o CDI rendeu 14,0%, enquanto os proprietários de salas comerciais que estavam locadas tiveram um retorno médio de 2,0% – fruto da combinação entre o recebimento dos alugueis e a desvalorização de seus ativos.”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 01. SE NÃO ABAIXAR CONFORME A ATUAL REALIDADE ECONÔMICA, CONTINUARÃO SEM VENDER.
      02. CONTINUARÃO A PERDER DE QUALQUER APLICAÇÃO (ALUGUEL PODE PAGAR: IMOBILIÁRIA E IR QUE PODERÁ ATINGIR 27,5%)

      Excluir

  14. Além de morar numa gaiolinha de gesso, as pessoas ainda estão sofrendo com as construtoras fazendo overbooking de bolhudo? KKK

    Vendendo o mesmo para duas, três pessoas, o que chegar primeiro leva.

    Pior que tem anta que compra... vai entender kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Overbooking de imóvel na planta kkkkk Esse país não é pra amadores! Tenta explicar isso pra algum estrangeiro... Não é a toa que brazuca se dá bem lá fora, isso aqui é treino nivel profissional de sobrevivência.

      Excluir
    2. Por isso o bananal sempre será tupiniquins. viva os espertos e corvos 666

      Excluir
    3. COMPRA PORQUE OUVIU DIZER QUE É UM BOM INVESTIMENTO (EFEITO MANADA)

      Excluir
    4. É como comprar na Praaaannnta parte 2.

      Excluir
  15. É …, acho que a Rossi tá querendo começar a vender o estoque, mas ainda tá caro!

    “Corre que ainda dar tempo de aproveitar esse super desconto de 40% e no Life ,restam agora as últimas unidades ,não fique de fora desse grande queima .” http://se.olx.com.br/sergipe/imoveis/aproveite-o-super-desconto-de-40-298210344

    http://www.norconrossi.com.br/imoveis-a-venda/sergipe/aracaju/jabotiana/life-jabotiana/533

    ResponderExcluir
  16. É muito claro que o grosso da população não é capaz de financiar imóveis nestas condições. Resta morar em favelas, terreno da mãe, sobrado em cima da casa da mãe e outras alternativas de baixo custo.

    ResponderExcluir
  17. que vc não pode..

    Os imóveis que você pode financiar de acordo com o seu salário

    quem tem uma renda familiar mensal de 8 mil reais, por exemplo, consegue atualmente obter crédito para comprar um imóvel de até 300 mil reais nos cinco principais bancos..
    quem ganha até 3k financia 115.. queda de 22% em relação ao ano passado… agora vai…. se lascar mais
    Tabela até 40k de rendimentos
    http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/os-imoveis-que-voce-pode-financiar-de-acordo-com-o-seu-salario/

    ResponderExcluir
  18. Olha a Bolha aí gente, até cego ver que a Bolha já explodiu

    ResponderExcluir
  19. Imóveis retomados:
    Segundo o Banco Central, só na Caixa, a retomada de imóveis subiu 81% em 2016; estoque de imóveis em posse das instituições saltou de R$ 6,5 bilhões, em novembro de 2015, para R$ 9,8 bilhões, no mesmo mês de 2016
    https://www.brasil247.com/pt/247/economia/277476/Recess%C3%A3o-de-Temer-faz-Caixa-subir-em-81-retomada-de-im%C3%B3veis.htm
    (Esse site é cancerígeno, mas os números são relevantes)

    Queda de preços:
    O preço médio dos imóveis residenciais no País caiu 2,26% em 2016, o que representa uma deterioração do mercado em comparação com 2015, quando houve baixa de 0,20%. Os dados fazem parte do Índice Geral do Mercado Imobiliário Residencial (IGMI-R), divulgado pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). O levantamento é feito com base em laudos de avaliações fornecidos pelas instituições financeiras em nove capitais brasileiras. – Jornal do Comércio (http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/01/economia/544067-cotacao-dos-imoveis-residenciais-cai-2-26.html)
    http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/01/economia/544067-cotacao-dos-imoveis-residenciais-cai-2-26.html

    Financie seu bolhudo JÁ:
    Responsável por cerca de 68% dos financiamentos de imóveis no país, a Caixa tinha ficado de fora do levantamento feito no ano passado, já que em 2015 passou a exigir maiores valores de entrada nos financiamentos, o que poderia distorcer os resultados do estudo.
    Como em 2016 o banco voltou a flexibilizar as exigências para o financiamento de imóveis usados, foi incluído no levantamento deste ano. Essa inclusão foi o principal motivo pelo qual o valor dos imóveis que podem ser financiados em cada faixa de renda aumentou.
    http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/os-imoveis-que-voce-pode-financiar-de-acordo-com-o-seu-salario/

    ResponderExcluir
  20. Herdar bolhudo já é problemático, e com tantos impostos, aí então...

    Presente de grego. Não é bom nem de graça. Mas, segundo a corvos 666, imóvel é melhor que ganhar na mega sena.

    ResponderExcluir
  21. Fácil estimar o buraco dos bancos:

    Só em imóvel estocado (120.000 novos, 88000 distrados, 48000 em shadow), isso daria 256000 imóveis, se cada um “valer” 185K$ isso ai já dá

    R$ 44,7bilhoes de milhos plantados.

    ResponderExcluir
  22. Sim, ainda mais que imóvel sempre “valoriza”.
    #sqn

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero ver se conseguirão vender

      Excluir
  23. Fim das empreiteiras, das destrutoras e da raça corvaiana.

    ResponderExcluir
  24. Meu pai tem um amigo que é auditor fiscal aposentado, com salário na faixa de 30 mil reais por mês e cuja casa foi assaltada há pouco, o que motivou sua procura por um apartamento de 3 quartos. Ele ficou estarrecido com os preços altos e com a reduzida metragem dos imóveis que visitou e agora está entre continuar em sua casa, que ele descobriu ser bastante difícil de vender, e alugar um apartamento. Se está caro para ele, imagine para a esmagadora maioria dos brasileiros.

    ResponderExcluir
  25. Comprar bolhudo num país falido. to fora

    ResponderExcluir
  26. Gente como anda o assunto do trliplekisssss do cachaceiro. Esse maior bandido que o Brasil já teve. Em breve tu vai ver o sol nascer quadrado.

    ResponderExcluir
  27. Comprem bastante corvos. Porque sempre valoriza 30%

    ResponderExcluir
  28. Comprar bolhudo só sendo muito burro

    ResponderExcluir
  29. A Bolha estourou de vez!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  30. Meu Primo pegou dinheiro emprestado com minha avó há muito tempo atrás. Mudou-se e vive em outro Estado. Até ai tudo bem, mais um familiar que precisou de dinheiro etc. Quando eu descobri que o cara era PROMOTOR, fique indignado e pedi pra minha avó para assumir a bronca. Comecei a ligar com frequência para o dito cujo, sempre fazendo um papel de amigão é claro: “Po tio, to indo de ônibus para a faculdade (essa parte é verdade), poderíamos ter uma condição melhor blá blá blá”. No final das contas ele deu um carro como pagamento.

    Moral da história: Se dependesse da inércia, o cara de pau não ia pagar nunca minha avó.

    ResponderExcluir
  31. Não tá fácil pros corvos

    Tio e sobrinho são presos suspeitos de falsificar 15 mil CDs, em Goiânia. A Polícia Civil prendeu o corretor de imóveis Álvaro Luiz Ferreira Miranda, de 55 anos, e o sobrinho dele…

    isso já mostra que não é perseguição, já são dados estatísticos sobre as aves mentirosas

    http://g1.globo.com/goias/noticia/2017/01/tio-e-sobrinho-sao-presos-suspeitos-de-falsificar-15-mil-cds-em-goiania.html

    ResponderExcluir
  32. Preço do m2 do aluguel atinge o menor valor dos últimos dois anos em Porto Alegre

    O preço nominal médio do metro quadrado para aluguel em Porto Alegre foi de R$ 20,83 no quarto trimestre de 2016, menor valor desde o terceiro trimestre de 2014. Em relação ao mesmo período do ano anterior (R$ 22,50), a desvalorização foi de 7 ,42%.

    Isto é o que revela o levantamento Dados do Mercado Imobiliário (DMI), realizado pelo VivaReal , portal especializado no setor, contemplou uma amostra de 30 cidades em diferentes regiões do país e considerou mais de 2 milhões de imóveis usados disponíveis para compra ou aluguel.

    O preço nominal médio do m² para aluguel no Brasil atingiu R$ 23,40, apresentando uma queda de 8,3% no quarto trimestre de 2016 em comparação ao mesmo período de 2015 (R$ 25,51). São Paulo lidera a lista com o valor do m² de R$ 35,71, seguida por Rio de Janeiro (R$ 33,33), Brasília (R$ 32,40), Santos (R$ 29,09) e Recife (R$ 25,00).

    Em relação ao quarto trimestre de 2015, os cinco bairros da capital gaúcha com maior desvalorização para aluguel no último trimestre de 2016 foram Auxiliadora (-18,5%), Moinhos de Vento (-17,8%), Rio Branco (-14,9%), Santana (-14,6%) e Independência (-11,1%).

    ResponderExcluir
  33. Mercado estável com leve queda:
    http://extra.globo.com/noticias/mundo/preco-medio-de-imoveis-comerciais-cai-32-na-venda-79-na-locacao-em-2016-diz-fipezap-20838719.html

    Louco é quem compra:
    http://www.blogdoanderson.com/2017/01/29/imobiliario-e2-promove-o-fim-de-semana-louco-no-residencial-alfa-park-conheca-casa-decorada/

    O Futuro das famílias:
    http://www.metropoles.com/distrito-federal/campanha-na-internet-ajuda-familia-despejada-antes-do-reveillon

    ResponderExcluir
  34. legado Ptralha. 13 anos de pura corrupção do cachaceiro e sua companheira Dilma dentuça. Agora quem sabe daqui 10 anos começaremos a sair do buraco, melhor, abismo que o Pt, jogou sem dó os brasileiros.

    ResponderExcluir
  35. Interpretando a reportagem, podemos concluir que as construtoras e os motumbados do passado estão pagando IPTU, mas as novas vendas não estão acontecendo. Imagino que seja uma questão de tempo até acabar o dinheiro deles e começar a cair o IPTU também.

    ResponderExcluir
  36. Bolhista emprestou dinheiro para amigo ostentador, “só por 6 meses, te devolvo na hora que você precisar”. O escritório ia mal, mas ele não baixava o padrão dele e da mulher. Um ano e meio depois, ostentador mudou para um apt de mais de um milhão (e condomínio caro), roda em um carro de luxo que ele estava pagando o financiamento, e que custa uns 100 mil. E não tinha como devolver o dinheiro do bolhista. Passou seis meses prometendo devolver, mas quando chegava a data de fazer o depósito, “Eu estava esperando uma fatura da empresa tal entrar na minha conta, mas eles não pagaram….” E não devolvia o dinheiro. “Sinto muito, nunca imaginei que isso pudesse acontecer, o primeiro dinheiro que entrar na minha conta eu te pago, obrigado por sua paciência”.
    O bolhista encheu o saco. Primeiro deu uma espinafrada educada no ostentador, “Você não fica constrangido rodando em um carro de luxo no lugar de me pagar?”. Como reclamar não resolve, o bolhista foi ajudar o amigo ostentador a resolver o problema. Disse que ia pressionar os diretores das empresas que estavam devendo para ele pagarem para ele poder pagar ao bolhista.
    Duas horas depois o ostentador disse que conseguiu o dinheiro para pagar tudo que devia. Em 24 horas o dinheiro estava na conta dele.

    ResponderExcluir
  37. Bom... Quero comprar um imóvel para MORAR!! Encontrei. O que me serve: apto 3 quartos, 100m2, quadra, piscina, churrasqueira etc etc. Acesso fácil a outros bairros e via expressa. Iria a padaria, mercado, salão, tudo a pé! Colégio a 500 metros. Rio de Janeiro, Jacarepagua - Freguesia. Quem conhece a região, qual seria o valor hoje? Vou colocar o valor que o corretor me ofereceu depois. Por favor opinem.
    Obs: sem mimimi de violência no RJ. O Brasil inteiro tem gente roubando, matando, maconheiro e cheirador! E sem 1000,00 o m2, nunca mais será. Como não posso mudar de país...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que é com mimimi. Hell de Janeiro tem o dobro das outra cidades: dobro de dívidas no governo quebrado, dobro de placas de vende-se, dobro de gente roubando, matando e cheirando, dobro de gente que se acha esperta. B
      Bonito no Rio... só os pontos turísticos. Pq ao redor é tenso, dá medo!

      Excluir
    2. Depende da rua, da posição do apartamento, do que o condomínio oferece, etc. Mas vamos lá, chutaria uns 650 mil, pq esse é o valor bolhudo que estão praticando na Freguesia. Sobre violência, putz, este é um dos bairros mais calmos que já vi. Dá pra sacar o iPhone bolhudinho na rua sem medo. Se conseguir trazer pra baixo de 400 mil, considere a compra se realmente estiver certo de que aquele o imóvel que queres. Caso contrário, prefira alugar. Ainda mais pq a rentabilidade dos imóveis na Zona Oeste é baixa, por ser longe do Centro. Ou seja, aluguel barato! Aproveita!

      Excluir
    3. Obrigado pela contribuição!
      Alguém mais arrisca o valor?

      Excluir
    4. Vamos lá!! 760 mil que o CORRETOR me ofereceu. Falei para ele que vi outros a 500mil. Ele riu! E eu tb ri e muito!! Disse que o proprietário não vende por menos! Engraçado que ele me liga quase todo dia querendo saber minha proposta. Mas quero falar com o proprietário.

      Excluir
  38. Aperte 13 e acaba de vez com o bananl

    ResponderExcluir
  39. As pessoas não tem dinheiro nem para comprar o pão de cada dia, quanto mais pra comprar bolhudo caindo aos pedaços

    ResponderExcluir
  40. Eu quero muito comprar um apartamento, mas nesses preços astronômicos, só com 15 reencarnação para eu conseguir financiar um.

    ResponderExcluir