Total de acessos

Teste

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Valor: Volume de financiamentos imobiliários com recursos da poupança cai 9,2% em março

Em relação a março do ano passado, as concessões ainda mostraram recuo de 21,1%

O volume de financiamentos imobiliários para aquisição e construção de imóveis concedidos com recursos da caderneta de poupança somou R$ 4,01 bilhões em março, inferior em 9,2% ao observado no mesmo período do ano passado.

No primeiro trimestre de 2017, os financiamentos imobiliários somaram R$ 10,06 bilhões, queda de 7,8% em relação ao registrado em igual período de 2016.

Em relação a março do ano passado, as concessões ainda mostraram recuo de 21,1%.

No primeiro trimestre de 2017, foram financiados 40,90 mil imóveis, queda de 14,4% em relação a igual período de 2016, quando o total alcançou 47,79 mil unidades.

As retiradas nas cadernetas de poupança, em março, superaram os depósitos em R$ 3,54 bilhões, terceiro resultado negativo do ano. O número, contudo, ficou abaixo da saída líquida de R$ 5,18 bilhões registrada no mesmo período do ano passado. “Isso revela que condições macroeconômicas mais favoráveis, como a queda da inflação que está viabilizando a redução da Selic, já sugerem impacto favorável no comportamento dos depositantes em caderneta de poupança nos primeiros meses deste ano”, aponta a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) em relatório.

Em termos líquidos, a captação de poupança pelos agentes do SBPE no primeiro trimestre de 2017 foi negativa em R$ 12,7 bilhões, queda menor que a registrada em igual período de 2016, quando o saldo líquido foi negativo em R$ 21,4 bilhões. Com isso, o saldo das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo foi de R$ 512,4 bilhões no final do primeiro trimestre de 2017, crescimento de 3,1% em termos anuais.

(Valor Online - Finanças - 27/04/2017)

VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

24 comentários:

  1. Todo cidadão que dá valor ao seu suor não deveria financiar nada até 2019, deveria aguardar esses juros ainda absurdos chegarem a patamares aceitáveis e também aguardar as eleições de 2018, onde dependendo do resultado será decretado o fim do Brasil. Exagero? Aguardem...

    ResponderExcluir
  2. SE FOR INVESTIR DINHEIRO EM APLICAÇÕES, ENTENDA COMO ELAS FUNCIONAM.

    O LCI paga 0,85% da SELIC, como a SELIC estava 14,25% vc recebia 0,85 * 14,25% = 11,6% ao ano, como à inflação era de aproximadamente 8% ao ano, seu rendimento real era de 11,6 - 8 = 3,6% ao ano.

    Uma coisa muito importante:

    Só porque o volume de dinheiro dobra não significa que seu poder de compra dobre também, pois a inflação diminui o poder de compra do dinheiro.

    Exemplo

    Imagine que vc encontre um investimento que te pague 50% ao ano, livre de imposto de renda é livre de taxa de administração por 5 anos, então vc investe R$100.000,00.

    * 5 anos tem 60 meses.
    * 50 % ao ano = 4,17% ao mês
    * O volume de dinheiro em 5 anos = R$100.000,00 * (1,0417)^60 = R$1.160.272,10

    Hoje esse dinheiro parece Muito, né?

    Mas quanto valerá R$1.160.272,10 daqui a cinco anos?

    A resposta é: DEPENDE DA INFLAÇÃO NO PERÍODO.

    Se a inflação TAMBÉM for de 50% ao ano, seu ganho real será zero, isto é R$1.160.272,10 daqui a cinco anos, comprará as mesmas coisas que se compram hoje com R$100.000,00.

    É a mesma coisa que tentar encher de água um balde furado, o volume de água que entra no balde pela torneira seria o juros, o tamanho do furo no balde é o tamanho da inflação.

    Boa sorte em suas escolhas, é desejo a todos que sejam felizes!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha aqui seu Corvo passa fome que não está vendendo nem para o café e fica tentando confundir as pessoas com suas meias verdades...
      Você omite a informação que os seus apartamentos de 40 M² que vcs "tentam" vender por R$300.000,00 daqui a 05 anos não serão vendidos nem por R$80.000,00, mas os mesmíssimos R$300.000,00 guardados, daqui a 05 anos valerão R$580.000,00, portanto, pare com essa conversa mentirosa, desonesta, inútil, maldosa, antiética, energúmena, diabólica, destrutora, incapaz, safada, horrorosa, desastrosa e afetuosa para cima de pessoas que não tem capacidade de discernimento.
      Mas nós somos pequenos, mas está fazendo um estrago no seu intento, pois só esse blog, são mais de 3.000.000 de acesso, quer dizer que são mais de três milhões de bobos a menos para vcs enganarem.

      Excluir
    2. "Já faz um tempo que até título de capitalização está rendendo mais que imóvel .... kkkkk.. Aoooo Silvio .. Tele Tele Tele Sena !!"

      Olá, bom dia.

      Terceira vez que lhe respondo e nunca obtive resposta sua nas minhas colocações.

      Tenho de admitir que a proposta do pessoal aqui de sacanear você de fato é mais adequada.

      Neste seu texto acima, como nos outros, o que vejo é utilização de premissas equivocadas e ilógicas.
      Você já leu as regras e composições dos indicadores de inflação oficial, certo? Já percebeu também que a região, fase da vida e estilo de vida influenciam para mais ou para menos os tipos e valores gastos, certo?
      Garanto que você também criticava a "valorização" dos imóveis acima da inflação nos anos anteriores.... Lógico que não!! Sempre 30% a.a. para cima e avante!!
      Favor preencher o campo abaixo:
      Se determinado produto e ou serviço sobe mais que a inflação por um determinado período de tempo, logo esse mesmo produto e ou serviço pode .............................. inflação.

      Excluir
    3. ANIMALLLLLLLLLLLLLLLLL
      quer dizer vidente que a SELIC vai a zero e a inflação vai disparar KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Voce sabia jumento que a poupança garante por Lei 0,5 ao mês alem da TR

      isso lhe garante 8,5% a.a sem Imposto de Renda

      Quer dizer que tendo inflação automaticamente seu imóvel é corrigido KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Então porque imóveis desvalorizaram 30% e temos mais de 60% de distratos KKKKKKKKKKK

      Excluir
    4. Deixa de ser mentiroso, você pelo visto não tem nem um puto no bolso, quem dirá aplicado,
      Pergunta para quem tem:
      Eu tenho LCI a 94% CDI sem tributação nenhuma que me rendem hojeeeeeeeeeeeee, 1% ao mês, e ja rederam muito mais.
      Quer enganar quem
      Outra acompanhem preços dos imóveis e observem o tanto que caíram


      Excluir
    5. Vidente do inferno, vai encher seu Balde de areia e cimento então.... KKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    6. Salários congelados, desemprego a 15%, e o cara diz que daqui 5 anos 1200K valem 100K
      Quer dizer que daqui 5 anos vou estar recebendo mais de 240k
      QUE BOMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

      Excluir
    7. Este cara é um fanfarão
      Bom demais para o BLOG meu saco de pancada KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    8. Os títulos do Tesouro Direto foram os investimentos mais rentáveis dos últimos 10 anos. No período de janeiro de 2007 a dezembro de 2016, as aplicações do Tesouro IPCA+ (antiga NTN-B) tiveram uma rentabilidade de +417,60%.


      RENTABILIDADE NOMINAL
      Título Público (Tesouro IPCA+) 417,60%
      Renda Fixa 182,57%
      Ouro 173,20%
      CDB 163,20%
      Poupança 102,25%
      Imóveis 100,03%
      Dólar 53,28%
      Bolsa 35,43%

      https://www.empiricus.com.br/relatorios/tesouro-direto/?xpromo=XE-ME-WSE-TD-X-X-OS-X-X


      EU MATO A COBRAAAAAAAAAAA E MOSTRO O PAUUUUUUUUUUUUUUU

      Excluir
    9. Conversando com especialistas em investimentos e listou cinco motivos pelos quais as pessoas justificam a compra de um imóvel que não fazem o menor sentido.

      1 – Imóvel sempre se valoriza
      “Nos últimos 10 anos vivemos um ciclo de alta nos imóveis que deixou muitas pessoas interessadas neste mercado. Entretanto não foram em todos os imóveis e localizações que ocorreram estas valorizações, por isso é sempre importante o auxílio de um especialista no tema. Diversas regiões promissoras para imóveis no Brasil, que acabaram não se concluindo projetos e não deram andamento no crescimento da cidade, prejudicaram valorizações imobiliárias esperadas para estas regiões”, comenta Leonardo Demari, assessor de investimentos da Messem Investimentos.
      2 – Vou comprar essa casa de veraneio para aproveitar muito
      Muitas vezes, as pessoas acabam comprando imóveis por puro impulso e emoção, o que não deveria ser feito, uma vez que é uma transação que envolve quantidade de dinheiro elevada. “Um dos melhores exemplos de compra de imóvel que não faz muito sentido é a compra de uma casa de praia, onde o comprador fica empolgado com a paisagem, a natureza mas não percebe que usufruirá muito pouco do imóvel ao longo do ano e terá custos recorrentes”, aponta Paulo Secco, assessor de investimentos da Alta Vista Investimentos.
      3 – Comprar na planta é lucro certo
      “Quando se investe na planta você corre dois grandes riscos: o primeiro é haver algum problema com a construtora e seu imóvel ser entregue depois do prazo ou nem ser entregue. O outro é a alavancagem – imagine dar R$ 100 mil de entrada num imóvel R$ 1 milhão. No final da obra o imóvel não se valorizou e você tem que vender ele pelos mesmos R$ 1 milhão. Apenas o ITBI e corretagem você vai gastar R$ 90 mil. Ou seja, dos R$ 100 mil gastos sobram apenas R$ 10 mil – prejuízo de 90%”, explica Alexandre Amorim, sócio da Par Mais Empoderamento Financeiro.
      4 – É possível acessar o dinheiro que apliquei em um imóvel rapidamente
      “Diversos investidores em tempos áureos do mercado imobiliário, optaram por um fazer um negócio de curto prazo (um ou dois anos) buscando esta ‘valorização’ rápida. Caso o investidor opte por este cenário é necessário entender a liquidez deste imóvel em um curto espaço de tempo, visto que o preço de venda do imóvel pode diminuir em caso de uma venda forçada. Investir todas suas economias em algo que poderá gerar um prejuízo em qualquer necessidade imediata de liquidez, pode não ser o mais indicado”, pondera Leonardo Demari.
      5 – Ser dono de um imóvel é muito melhor que viver de aluguel
      “Para o brasileiro ter um imóvel é significado de segurança e sucesso. Mas muitos jovens compram o primeiro imóvel antes de estar estabelecido em um local especifico. Transferências de emprego, constituição de família ou outros motivos podem obrigar a mudanças e a prejuízos financeiros. Em muitos casos, para não falar na maioria, investir corretamente o seu dinheiro e alugar um imóvel é muito mais vantajoso financeiramente do que comprar um”, assegura Alexandre Amorim.

      Excluir
    10. Profeta, enquanto as rentabilidades das aplicações financeira continuam subindo com o poder dos juros compostos, mesmo com efeito da inflação, é um grande negócio. Agora, considerando o mercado imobiliário, os preços estão na descendente e ainda tem a inflação do cenário econômico. Ou seja, prejuízo em dobro, investir em imóveis. Sacou ou tem que desenhar!!!!!

      Excluir
    11. Rindo até 2018. Não vou questionar a matemática visto que usou um LCI de Banco grande com menor % da SELIC e nem outros detalhes que já foram explicados em outros posts. Minha comparação será muito mais fácil para que todos entendam. Imaginem um contexto de inflação de 15% nos dois últimos anos:
      1 - Compra um imóvel por 500.000 à vista há dois anos e quer vender. Você não vai conseguir vender pelo preço que comprou. Suponha que vendeu pelo mesmo preço (seremos otimista). Prejuízo de 15% (75.000) já que seu imóvel deveria valer 575.000.
      2 - Mantem investido os 500.000. Usando o mesmo cálculo do "VISÃO" de 11.6% ao ano = 23.2% em dois anos. 500.000*23,2% = 616.000. Desconta a inflação 616.000 - 75.000 = 541.000 lucro(41.000).
      Qual é a melhor escolha? Perder 75.000 ou ganhar 41.000. Muito óbvio né!!!!

      Comparando entre os investimentos sem considerar a inflação visto que a mesma afeta ambos:
      1 - Quem comprou a casa continua com 500.000
      2 - Quem aplicou está com 616.000.

      O "Visão do corretor" ops quer dizer "Visão dos acontecimentos" continua insistindo na inflação, mas esquece (na verdade já sabe) que a inflação influencia também no imóvel, não é só em aplicação.

      Excluir


    12. Anonimo 13:00, Esse calculo que vc Fez foi no Passado até 2016 era valido, vc calculou com base na selic a 14% * 0,85 = 11,6%, mas isso foi passado, final do ano a selic estará 8,0%, então vc deveria fazer seus calculos com *8,0 * 0,85 = 6,8% ao ano, e em dois anos = 13,6%

      A selic está em queda, no final do ano estará a 8,0% ao ano.

      Então R$500.000 + 13,6 = R$568.000 descontando a inflação 500.000 + 4,6% =R$523.000
      E nesse calculo ainda falta descontar a taxa de administração.

      Excluir
  3. A especulação , continua , estava procurando uma casa , peguei o tel da imobiliaria, liguei o corretor informou o preço de 695 mil , perguntei se aceitava permuta , disse q não .
    Um dia vi uma mulher lavando a calçada , perguntei se ela era a dona ele disse sim , perguntei o preço ele disse 500 mil , e aceitava permuta em apto menor valor , 195 mil de ágil é brincadeira , e a mesma mulher confirmou q o corretor avaliou por 695 mil .....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. te garanto que ela te alugaria por mil reais

      Excluir
  4. O fato das retiradas de dinheiro da caderneta de poupança terem sido menores que a do ano passado significa que............o dinheiro está acabando...f.....eu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato..secou a teta...kkk

      Excluir
  5. Vidente, a taxa SELIC é atrelada também à inflação, não tem como a SELIC se manter neste patamar com inflação alta, então se a inflação chegar à 50% ao ano, tipo Venezuela, pode ter certeza que só se salvará que estiver com liquidez, e a SELIC vai estar na casa dos 200% ao ano tentando conter rombo, fora outras opções como o Dolar, que vai valer 10 mil reais

    ACORDA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendi o que o "visão" quis dizer, ele fez um EXEMPLO, Tem outra coisa, não estou vendo ele mandando ninguém comprar ou deixar de comprar nada, me parece que ele está explicando como é feito o calculo dos rendimento, que na boa eu não tinha a menor ideia como era feito.
      Mas estou vendo muita gente falando pra não comprar imoveis, e investir em aplicações, falando em rendimentos passados, e não vejo explicando com a economia futura, com Selic menor.
      Só acho estranho!!!

      Excluir
    2. """"
      Mas estou vendo muita gente falando pra não comprar imoveis, e investir em aplicações, falando em rendimentos passados, e não vejo explicando com a economia futura, com Selic menor.
      Só acho estranho!!
      """"
      Cara, compra dois imóveis, ou três se já tiver algum, e vai viver a vida

      Excluir
  6. Saiu na Revista Exame dessa semana, não deixe de ler:
    Imóveis tem os preços em queda livre, podendo voltar aos preços de 2008.
    Na reportagem fala das vantagens de deixar de pagar para o banco para pagar aluguel e ainda guardar dinheiro para pagar a vista.
    O repórter mostra o exemplo de Carlos que pagava R$2.800,00 para o banco em um lugar longe do trabalho, resolveu vender seu apartamento pela metade do valor que tinha pago e aplicou o dinheiro e está morando perto do serviço um aluguel de R$650,00, economia de R$2.150,00/mês , em relação ao que pagava.
    De acordo com a revista as vantagens são a independência podendo morar perto do trabalho e os custos da manutenção são do proprietário kkk.
    Telhado estraga, chama o propriotário rsrs, pane elétrica, chama o zé bobo, assim por diante. Hushushus.
    A revista mostra que na atual conjuntura em que os imóveis estão 300% acima do preço. Melhor dizendo, se você pagar o preço justo até vale a pena comprar mas pagar 10 vezes o valor não vale.

    NÃO CAIAM NAS MENTIRAS DOS CORRETORES DE IMÓVEIS, CUIDADO! NÃO CAIA NA CILADA DA MATILHA.
    IMÓVEIS ESTÃO COM OS PREÇOS EM QUEDA.
    GUARDE DINHEIRO, FICA NO ALUGUEL E ESPERE PARA COMPRAR LÁ POR 2020.

    ResponderExcluir
  7. Isto mesmo, mas compra tudo financiado amigo, faz o seguinte: vou ser vidente do vidente ..... KKKKK

    pega o valor que você tem investido, que segundo você não vai render mais nada pois a SELIC vai a 0% (até agora è mais de 11%) vende também seu imóvel, pois mercado tá aquecidão, lógico com valorização de 300%, junta tudo e compra imóveis.

    Mas como você é vidente e num é trouxa, compra uns dez imóveis tudo financiado aproveitando o momentão da SELIC ZERO, TR ZERO, JUROS ZERO , por 40 anos lógico, até imóvel vai valer 2 bilhões, mas não esqueça de gastar todo o capital em entradas minimas,
    O importante é maximizar os investimentos em algo imobilizado, ficar sem um puto, vai que o governo toma seu dinheiro nehhhhhhhhh kkkkkkkkkkkkkkkk

    E com 10 imóveis alugados você compra mais dez, poxa daqui a 40 anos você vai ser TRILIONàrio
    quem sabe o novo TRUMP BRASILEIRO

    VAI FUNDO, eu com certeza vou estar fudidão, com meu dinheiro aplicado e capitalizado mes a mes, morando em um imóvel seu , lógico, até lá você comprou tudo, e meu dinheiro, alguns milhões, num vai dar para comprar um barração de papelão.

    SONHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir