Total de acessos

Teste

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Vídeo: Crise imobiliária brasileira, que vem desde 2012, parece não ter fim

Mais uma reportagem mostra que a crise no mercado imobiliário brasileiro - que durante alguns anos foi veementemente negada por 'especialistas', empresas, representantes do setor e parte da mídia - parece não ter fim. O resultado são obras canceladas e paralisadas, além de muito desemprego


VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

16 comentários:

  1. Isso é fácil de resolver, abaixa o preço....
    Mas os caras são gananciosos, acham que estamos em Dubai, que aqui o m² vale 10 mil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato..tem que ser 10 mil para 1 mil..ai sim fica bom...para todos,inclusive estrangeiros.

      Excluir
    2. Baixar acho difícil. O que vai ocorrer é que os preços vão ficar congelados por 5 anos, e a inflação vai corroer o valor real do imóvel.

      Excluir
  2. É como o Marcelo falou no comentário acima, e só abaixar o preço dos imóveis.......
    Com o preço que as construtoras estão cobrando eu não compro.

    ResponderExcluir
  3. Quem disser: Nao tema, temer tem a soluçao é viado e sem noçao kkkkk...phala celio....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc fizer um cursinho de introdução a economia, vai passar a tirar essa sua venda de alienação e arrogância. Só deixo de bizú o seguinte: aprenda o q é política fiscal, déficit e taxa de juros. Aí, vc pode começar a pensar em refutar o cara do "Não temam, Temer tem a solução".

      Excluir
  4. Vai piorar muito. Matérias de construção já estão custando um terço do que custava qdo o setor estava em alta, mas, o valor dos imoveis continuam o mesmo. Como pode vender imóveis numa crise em q os juros estão altíssimos, desemprego idem e investimentos dando retorno melhor do mundo? Se os preços não caírem significativamente, a quebradeira terá um efeito dominó

    ResponderExcluir
  5. As construtoras preferem decretar falência pra não vender mais barato ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elas ficam esperando o BNDES vir socorrer com empréstimo a juros abaixo do mercado, sendo VOCÊ quem paga por isso. Detalhe, isso não é pra ajudar um pequeno empresariozinho a crescer, é para empresa já "consolidada". Fazem chantagem com o governo: primeiro, se elas falirem, o desemprego aumenta e a crise piora por consequência; e segundo, se não ajudar uma, na campanha eleitoral a outra não vai ajudar com as verdinhas. Falir não é mt um problema pra elas, infelizmente...

      Excluir
  6. E sera por decadas...devido emprego ser o ultimo setor, na cadeia economica a se recuperar...simples assim.Oh to errado...ajuda ai oh...kkkkk

    ResponderExcluir
  7. Não temam, Temer tem à solução!😂😂😂😂

    ResponderExcluir
  8. Aqui na Zona leste em São Paulo, próximo da entrada do Parque do Carmo, estão lançando um prédio. Dá pra ver que ainda tem construtora que se arrisca, e acho que vai ser muito difícil vender. Mais o que tem muito aqui é invasão de propriedades que estão abandonadas, pois o povo está sem condições de pagar aluguel e muito menos comprar os bolhudos.
    Eu tenho até vontade de comprar um imóvel nesta região, mas a cada dia estou perdendo a esperança, pois os proprietários estão sem noção de preços, pensam que dinheiro dá em árvore, não conseguem vender, e aí, placas e mais placas de aluga-se.
    Na minha opinião, eu não vejo luz no fim do túnel para o setor imobiliário, pois os preços estão fora da realidade, ninguém compra, e se o governo novamente conceder crédito, aí os preços aumentarão mais ainda por causa dos gananciosos, e os ricos vão acabar comprando e expulsando os pobres para bem longe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com crédito ou sem crédito, esse mercado imobiliário ta condenado. Estamos num patamar de queda generalizada da renda, levando a queda no poder de compra. O crédito deu uma turbinada no processo de especulação. Mas os efeitos de uma BOLHA, a qual não querem publicamentee assumir, são devastadores o suficiente para q o efeito do crédito nem faça nem cosquinha na queda de preços. Vc parece não acreditar na queda dos preços dos imóveis... Faz o seguinte: procura pela inflação acumulada desde janeiro de 2015, q, pelo menos aqui no Rio, foi o ápice dos preços, dali em diante só veio caindo devagarinho quase parando. Aí, vc vê, deve ser algo próximo a 20 ou 25%. Essa é a queda real no preço dos imóveis. Na vdd, alguns bolhistas mais hardcore, surfaram na alta do dólar e nos juros, além de ainda pegarem descontos de 30% dos desesperados. Resultado: já caiu e vai cair ainda mais pra ajustar com a renda. Não precisa baixar nominalmente, a inflação é a melhor amiga dos bolhistas ("corrige" os preços reais e ainda tende a elevar as taxas de juros). Só otário continua com imóvel na mão mofando, recebendo um retorno lixo de aluguel.

      Excluir
  9. É complicado... ñ é tão simples... kkkk
    Quem já está no mercado imobiliário na condição de investidorc (aluguel ou compra e venda), ñ aceita vender mais barato do q comprou... óbvio... àquele q possui imóveis locados, ñ consegue vende-los para aplicar o $$$ em renda fixa ou qqer aplicação, já que, qqer aplicação é melhor q o retorno do aluguel... quem tem grana para comprar a vista, está preferindo deixar o $$$ aplicado e pagar aluguel.... quem tem parte do $$$ e pretende comprar imóvel para morar, ñ consegue crédito, e quando o consegue é com altas taxas... então o negócio é esperar e ver o que nos espera... quem tem $$$ vai continuar com a aplicação... quem tem imóvel (alugado), ñ aceitará vende-lo com descontos, ainda q pouco o retorno dos locaticios (média 0,35% do valor do imóvel).
    Cada caso é um caso... kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, tá bem por aí mesmo... Mas quem fica com imóvel parado, com preço estagnado pq não encontra comprador (e se aumentar aí q não encontra mesmo), essa gente ta perdendo dinheiro na real, devido ao processo inflacionário. E detalhe, dependendo do caso, tão ficando mais pobres bem rápido. Supondo uma pessoa q tem seu patrimônio quase todo em tijolos, essa ta perdendo 10 por cento no mínimo por ano, pq além do IPCA tem o q ela poderia ter ganho com aplicações. Mas aí é de cada um, os mais espertos sempre vão se dar um pouco melhor, já os "cabeça-dura".... Só espero q os 666 não reclamem que não foram avisados, pois no auge nem queriam ouvir nada, era como se estivessem numa piscina de arrogância se achando milionários no pombal gourmet de 50m2. Agora, SEGUREM O MOTUMBO QUIETINHOS e PAGUEM NOSSOS JUROS!!!!

      Excluir
  10. Os preços dos imóveis ainda estão altos, mas vão recuar, alias nada impede que vc ou eu, ou qualquer um faça uma contra proposta, seja no imóvel próprio, seja no imóvel de construtora. Afinal, é só um contra proposta, não é obrigado a aceitar, se não tiver interesse, opções não iram faltar.
    Como disse um entrevistado do fipezap do video lá em cima sobre a bolha, o cenário vai continuar sendo de queda, compensa esperar e deixar o dinheiro num fundo, mesmo sendo um CBD conservador, pois a selic não vai cair tão cedo. Compensa esperar, até pq o setor da construção é um dos últimos a se recuperar numa possível retomada de crescimento.
    Economista já dizem que somente em 2022 é que as contas públicas vão conseguir chegar no azul, só para vc ter uma ideia do rombo e da situação que é grave.

    ResponderExcluir