Total de acessos

Teste

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Vídeo: No 'leilão da crise', agora é o cliente que diz quanto quer pagar

A crise econômica e a queda nas vendas levaram as construtoras a criar estratégias para atrair quem quiser comprar um imóvel. A novidade agora é um leilão e a disputa é pelo cliente

As vendas de imóveis no Brasil este ano estão 11% abaixo do ano passado. O mercado tem 116 mil unidades à espera do comprador. E o estoque está tão alto que só o que está “na prateleira” é suficiente para mais um ano de vendas, sem lançar mais nada.

Pra desovar esse estoque, surgiram empresas que intermediam as vendas. Lá se faz uma espécie de leilão às avessas. Começa com o cliente: ele fala o que quer e quanto pode pagar.

As construtoras respondem com suas ofertas, numa disputa pra oferecer exatamente o que o cliente quer. O sistema começou a funcionar em setembro.


VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

6 comentários:

  1. Calma pessoal, a Caixa Econômica vai assumir o prejuízo.
    Acho que só por tamanho prejuízo ao erário público temos motivos para pedir a prisão de todos os ex presidentes da CEF e dos presidentes da República.
    Dilma e Lula

    ResponderExcluir
  2. ueh mas o corvo disse que valorizava 30% a.a. !!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Kkkkkkk. Criaram o "corretor online"!! Ele com centenas de imóveis para vender vai "oferecer" ao cliente o imóvel que ele pode comprar! Kkkkkkk são as alternativas do mercado.kkkkkkk Mas o preço não diminui...

    ResponderExcluir
  4. Isso já é o que o corretor faz!!!
    Que coisa mais besta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Não vejo diferença alguma.

      Excluir