Total de acessos

Teste

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Portal G1: Preços de locação e venda de imóveis comerciais caem 15% e 10% em 12 meses

Segundo o estudo, nos 12 meses encerrados em novembro de 2016, enquanto o CDI rendeu 14,1%, os proprietários de salas comerciais locadas tiveram um retorno médio de 1,7% (resultado da combinação entre o recebimento dos alugueis e da desvalorização dos bens)

Os preços de locação e venda de imóveis comerciais tiveram queda real (considerando a inflação) de 15,17% e 9,99% nos últimos 12 meses terminados em novembro, respectivamente, segundo o índice FipeZap divulgado na terça-feira (27).

A pesquisa acompanha os preços anunciados no Rio de Janeiro, em São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte. Entre essas cidades, o Rio continua sendo o local com os imóveis comerciais mais caros. O preço médio do m² para venda é de R$ 11.731 e, para locação, e R$ 47.

Já a cidade com o valor médio mais baixo é Belo Horizonte, com preço médio de R$ 7.410 do m² para venda e R$ 32 para locação. A média das 4 cidades é de R$ 10.266 e R$ 44 por m².

Baixa rentabilidade do aluguel
A pesquisa compara o investimento em imóveis com uma alternativa considerada de menor risco, o Certificado de Depósito Interbancário (CDI). O levantamento aponta que quem optou por imóveis tem registrado perdas desde 2015, em geral.

Segundo o estudo, nos 12 meses encerrados em novembro de 2016, enquanto o CDI rendeu 14,1%, os proprietários de salas comerciais locadas tiveram um retorno médio de 1,7% (resultado da combinação entre o recebimento dos alugueis e da desvalorização dos bens). 

Entre as cidades pesquisadas, São Paulo registrou a maior taxa de rentabilidade do aluguel, com retorno anualizado de 5,5%.

(Portal G1 - Economia - Notícia - 27/12/2016)

VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

47 comentários:

  1. Será que os Corvos lêem esses artigos?
    Pior cego é o que não quer ver.
    Se não se adequarem à realidade, não terão fubá na mesa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabem sim, a maioria mora de aluguel. O negócio deles é de enganar os outros.

      Excluir
  2. Esses Pombais caindo aos pedaços não valem nada. Agora os corvos vão viver de que kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Se cair 50% ainda tá caro. Corvos se suicidando geral

      Excluir
  4. Invistam na Na Chom Na Chom sempre valoriza 30% a.a

    ResponderExcluir
  5. Essa hora os corvos devem esta roendo as unhas dos dedos dos pés pra matar a fome, porque dinheiro nunca mais... só de caridade vou mandar uma caixa de macarrão instantâneo para não morrerem de fome rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Acabei de sair de um apertamento de 37m2, aqui na av são joão, centro de SP. Pagava de aluguel R$1.100,00 + condomínio de R$350,00. Tentei negociar o valor e não quiseram baixar, sou inquilino a 7 anos. O pior que o prédio não tem nenhum lazer, só um porteiro que cuida da vida dos outros. Bom, aluguei um no bairro Santa Cecília tudo por R$1.100,00 ou seja, ótima economia, e o dono do pombal que morei me liguei esses dias querendo baixar o valor, agora é tarde, A Bientôt Chérie.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 37 metros quadrados????????? Isso definitivamente não é vida... Povo brasileiro sem educação, lazer, estradas, ruas, praças, clubes, praias limpas, sem segurança, privacidade, sem carros (só carroças), sem TV aberta (só novelas que estimulam os jovens a se tornarem gays), sem moradias... por que meu amigo, morar em 37 metros quadrados... não consigo entender se isso é vida... pior por R$1.1000??????????? Mais 350,00 de condomínio??????????
      Mais caro que Nova York, Paris, Tóquio, Luxemburgo... Meus Deus do Céu! A crise tinha que acontecer mesmo... o povo brasileiro estava cego...

      Excluir
    2. Anônimo 12:04. Infelizmente é isso ou morar debaixo da ponte, sendo que o prédio não tem nenhum tipo de lazer, isso é no centro todo. Eu vi uma kitnet com o condomínio por R$ 1.000.00 mas la no comçeo da general osório, santa efigênia, ou seja, na boca da cracolândia, esse é o preço de morar no centro de SP, eu odeio ter que pagar isso, me sinto roubado, estripado, ou morar no fim do mundo em Itaquera.

      Excluir
  7. E ainda está caro,na época da festa das ilusões,os preços subiram absurdamente,fora da realidade!!

    ResponderExcluir
  8. Está chegando próximo a realidade. Estavam inflados pela ganancia.

    ResponderExcluir
  9. E vai baixar mais, com a internet as lojas fisicas só vão servir de mostruario. Se os donos de imoveis não dialogarem com os comerciantes e praticarem preços de acordo com o potencial do local vão trocar de inquilino 3 a 4 vezes por ano e ainda ficar cobrando aluguel atrasado.

    ResponderExcluir
  10. Esse índice é apenas uma média mas não totalmente certo ,se o imóvel é grande ,não tem jeito ,tem que abaixar mesmo ,mas de imóveis menores é possível manter o preço de 1 ou 2 anos atras,pelo menos é isso que está acontecendo comigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A reportagem não está levando em conta apenas a redução ou estabilização do valor do aluguel, está levando em conta a desvalorização do imóvel. O proprietário do seu imóvel mesmo que não esteja vendendo está tendo prejuízo com a desvalorização do imóvel.

      Excluir
  11. engraçado aqui em mg os preços de aluguel so aumentaram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca é bom generalizar.
      Moro em BH e sou inquilino há três anos, nos últimos dois anos. Ameacei ir embora e reduzi o preço em 10%. Antes de mim o dono ficou quase dois anos tentando alugar ou vender e pagando condomínio de 700,00. Aprendeu a lição de tal forma que não se opõe às minhas ofertas.
      BH tá chovendo placas de aluga-se pra tudo quanto é canto. Nos casos de salas comerciais, tem proprietário que deu o aluguel de graça apenas pra se livrar do condomínio.
      Ou vc é corretor ou não mora em Minas Gerais

      Excluir
  12. O tempo é o Senhor da razão. A longo prazo, jamais o dinheiro vai superar o preço de um imóvel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. jamais os corvos vão ter outra oportunidade, jamais.

      Excluir
  13. podem falar o que for, mas senao fosse o l.u.l.a hj agente nao teria nossa casinha e nosso carinho 0km na garagem, nos nordestinos nao deixamos ele de geito nenhum e que venha 2018 !!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até o banco vir tomar a casinha e carinho zero ..kkkkkk ... enquanto não terminar de pagar não é seu ... sendo casa do lula que compra e coloca em nome de laranja .. ai concordo ....
      A Verdade que todos funcionam com suas conveniências ...usam o pobre besta dando esmola e usando seu próprio dinheiro de imposto.. e acham que são eles que fazem algo por você..
      Espero que esse mercado vá mais alem para voltar a sanidade dos preços... acabou a fartura .....agora é igual aos países que passaram por isso .. uns 10 anos para retomar.

      Excluir
    2. Não meu amigo, definitivamente não! Tudo o que o PT fez foi malévolo ao Brasil. As construtoras faziam milhares de apartamentos de 40 metros quadrados, sem cerâmica e parte elétrica, com materiais de péssima qualidade... Esses apertamentos, as construtoras gastavam uns R$15.000,00 no máximo em cada unidade e vendiam para o Governo PTralha por R$140.000,00. Portanto, na verdade tudo o que o PT fez foi jogar você, eu nós e todos os brasileiros no abismo. Estamos apenas no início da tragédia econômica.

      Excluir
  14. Qualquer pocilga está 250-300 mil reais, é um absurdo no país em que o mínimo é 937 reais. Até os escravos tinham um galpão para se chamar de seu, e hoje o pobre morre no aluguel e nem isso tem! O brasileiro precisa aprender a investir em outras coisas, pois só assim o preço cairá.

    ResponderExcluir
  15. Valorização de 30% a.a. Assinado o Corvo corno e pobre

    ResponderExcluir
  16. Comprar um bolhudo é rasgar dinheiro, mas tem um lugar que pode comprar é no Na Chom Na Chom, quero meu Na Chom Na Chom

    ResponderExcluir
  17. Perto de onde moro, tem imóveis a venda há mais de 3 anos pelo mesmo preço. Curioso é que se baixassem um pouco o preço, a quantia em um bom investimento teria rendido além do preço que eles querem pelo imóvel. Mas ninguém baixa. É o super ego e a super ganância. Só digo uma coisa pra gente assim: abracem suas toneladas de cimento e concreto e morram agarradas com elas. CORVOS vendendo balinha nos semáforos.

    ResponderExcluir
  18. Acho pouco, que vão a falência, que os corvos miseráveis passem fome. Uma vez fui humilhado num estande pelo um curvo que se sentia um Deus intocável, resultado, passei lá e o infeliz ta moscando, sem vender nada a meses, e com várias dividas para pagar, sorri na cara dele e viajei para Europa de férias, adios corvitos esfomiados

    ResponderExcluir
  19. Não me admira essa catástrofe depois da administração, melhor, facção do PT fez com o país. Sorte nossa ainda não virarmos uma Venezuela. Só para não esquecer, Feliz Ano Novo Corvos, espero que sobrevivam com uma cesta básica do governo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não está longe de ficar igual à Venezuela, já que há previsão e mais de um milhão de pessoas perderem o emprego em 2017 e ainda tem gente que defende o PT (causador de dívidas bilionárias que causarão muitos problemas.

      Excluir
  20. Eu tenho 120 imóvel, quase todos alugado, se não queren paga o preso se danim, pq eu to rico e imovel é lucro sempre, não mim surprende esse povao só reclamando, vao trabalha e ser rico que nem eu de alto nivel, estudao coisa que voces aqui nao sao, que só reclamão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. trabalho há mais de 40 anos e ainda não consegui comprar nenhum imóvel, por favor me dê a receita para que eu possa chegar próximo aos seus 120 imóveis. Sou professor.

      Excluir
  21. Dear investors do not buy homes Brazilians. Our country has land with unjustified prices. Brazil has a corrupt current government.

    ResponderExcluir
  22. Os preços no Brasil estavam mais do q inflados. O setor no Brasil é sustentado por financiamentos, o brasileiro no geral nao tem dinheiro p comprar imoveis. O credito imobiliario esta mais dificil e mais caro. O indice de devoluçao de imoveis adquiridos na planta esta em mais de 40%.Em qualquer cidade p onde vc olha ve empreendimentos imobiliarios totalmente encalhados. Estas pesquisas pegam preços de anuncios, qd vc vai pessoalmente so de falar bom dia p o CORVOS ESFOMEADOS eles ja baixam os preços. Vai cair muito mais, guarde seu dinheiro. Só lamento por quem pagou kitnet a preço de triplex.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou esperando cair 40% para adquirir o meu imóvel, acho que até o início de 2019 isso acontecerá, até lá deixo o meu dinheiro aplicado.

      Excluir
  23. E mesmo? Ainda tem proprietario que esta de salto alto, na onda das imobiliarias exploradoras da vida. Vamos ver ate onde esse salto vai aguentar. E a bolha, ja estourou? So na cabeca das construtoras, que terminam o empreendimento e colocam a faixa de vendido em todas as janelas.

    ResponderExcluir
  24. O Brasil tem cidades totalmente desestruturadas e violentas com preços de capitais europeias! Rio de Janeiro é o maior exemplo disso, falta tudo, mas os preços absurdos. Você compara com uma cidade do interior de São Paulo, Vinhedo, as duas melhores rodovias do país, acesso privilegiado ao Novo Viracopos, emprego de sobra, altíssima renda, qualidade de vida, e uma mansão ali compra uma quitnet na decadente cidade carioca. Imóvel é só onde ainda vai crescer, meu avô vendeu duas casas na época de superinflação e depois que estabilizou não tinha mais nem pra uma na poupança..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que será que ele fez com o dinheiro?

      Excluir
  25. Aqui em MG tem gente vendendo Kitnet a 170.000,00 e depois vai reclamar que o problema é a Crise, quem está criando esta crise é proprio povo Brasileiro que tem a cultura de explorar o maximo que pode o seu proximo, fossem justos o preço, fossemos mais honesto e trabalhadores, a palavra crise não existiria nos dicionarios Brasileiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vai vender, não aparecerá nenhum comprador nesse preço.

      Excluir
  26. No Brasil o salário médio é de 1200 reais. Enquanto qualquer apertamento em bairro Bom a prestação não sai por menos de 2000 reais. Ou seja valores surreais mas existe fila de compradores . Vai entender. Será que metade da população tem emprego de político que ganha muito não faz nada e tem caixa dois?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fila de compradores? Só se for para devolver.

      Excluir
    2. Fila de compradores?? De qual país vc tá falando? Os corvos dão pulos de alegria quando conseguem uma venda por mês. As placas de vende-se e aluga-se estão espalhadas por tudo quanto é canto e pegando poeira.

      Excluir
  27. Nos EUA 10% do SUBPRIME explodiu com o mundo, por aqui 99% das dívidas podres significa que VAI MELHORAR 30% ou ESTÁ MELHORANDO. E vocês acham que isso tem jeito?

    ResponderExcluir
  28. Em Juiz de Fora MG os imóveis estão encalhados. Ninguém vende nada. Placas de Vende-se e Aluga-se por toda parte.

    ResponderExcluir
  29. Os preços de locação ainda estão altos, considerando a realidade atual.
    Considerando que o preço do imóvel deve ser de 150x a 200x o preço do aluguel, o valor de venda ainda precisa ser ajustado ( 30 a 40% menor).

    ResponderExcluir
  30. Aqui no Rio os preços continuam os mesmo,não baixa e não vende kkkk

    ResponderExcluir