Total de acessos

Teste

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Veja: Piora no mercado de trabalho prejudica o setor imobiliário

O setor imobiliário também degringolou no Brasil. Mesmo com as melhoras nas condições de crédito e confiança, a piora no mercado de trabalho prejudicou a vida dos corretores de imóveis.

De acordo com o Radar Abrainc-Fipe de dezembro, as condições gerais do mercado imobiliário apresentaram nota média de 2,3 na escala entre 0 (menos favorável) a 10 (mais favorável). Trata-se do menor patamar da história do levantamento, que é desde janeiro de 2004.

(Veja.com - Blog - Radar Online - 28/12/2016)

VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

49 comentários:

  1. os estados já quebraram, o país também vai quebrar
    como vamos proteger nossas patacas economizadas?
    Quem sabe daqui 500 anos podemos retornar a economia

    ResponderExcluir
  2. O único jeito é saindo do país. Se vc tem família tenta levar todo mundo. Este país fracassou de novo, infelizmente serão pelo menos duas gerações perdidas… Ainda mais entregando todo nosso patrimônio, que futuro teremos? Parabéns ao JAGUNÇO LULADRÃO e C&A.

    ResponderExcluir
  3. Invistam na Na Chom Na Chom, só lá tem valorização de 30% a.a.

    ResponderExcluir
  4. Perda de renda na banania? Não, só se for na França.
    Isso é intriga da oposição, os brasileiros estão só guardando dinheiro porque se cansaram de comprar. É igual a bolha imobiliária brasileira, só existe em site de internet.
    hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É corretor.... Melhor você se mudar pra França então e tentar vender imóvel lá.
      Recorde de desemprego e de inflação. Alguns brasileiros já acordaram, outros aqui ainda estão dormindo, só não entram nessa pq não tem condição nenhuma nem de bancar financiamento de 30 anos.

      Excluir
  5. Baixar o preço ninguém quer, né? ARDAM!!! CORVOS ESFOMIADOS

    ResponderExcluir
  6. Parabéns aos golpistas! Eles fuder*** com tudo!

    ResponderExcluir
  7. "O setor imobiliário também degringolou no Brasil. Mesmo com as melhoras nas condições de crédito e confiança, a piora no mercado de trabalho prejudicou a vida dos corretores de imóveis".
    Como assim prejudicou os Corretores de imóveis? Quem não está rico, meus amigos, não fica nunca mais... foi como a corrida do ouro em Serra Pelada, quem não soube aproveitar, já era, agora, para ganhar R$50,00 vai ter que virar concreto ou trabalhar de chapa.
    Os Corvos pensaram que iriam ficar assim o resto da vida? vendendo apartamentos de 40 metros de 30 anos de uso, caindo aos pedaços por R$250.000,00? Não meus amigos, acabou a Laranjada, agora, os laranjas estão todos presos ou são fugitivos. Acabou a fonte que jorrava dinheiro para as construtoras.
    Agora, se os corvos quiser comer fubazinho, vai ter que vender drops no semáforo.

    ResponderExcluir
  8. Vão pedir emprego ao Ladrão cachaceiro... afundou o país numa crise sem fim. esse canalha deveria ser fuzilado junto com a turma dos PTRALHAS

    ResponderExcluir
  9. Típico brasileiro.
    Educação financeira ZERO!
    Não sabem o que é custo de oportunidade. E, pra ser sincero, nem eu sabia 3 anos atrás…
    O negócio é feio…. Ass. O CORVO RICO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corvo rico que se não aprender uma nova profissâo virará CORVO POBRE.

      Excluir
  10. Na minha opinião, as pessoas no Brasil não tem noção do que seja justiça em relação ao preços dos produtos. Como sou uma pessoa de bairro mais periférico e convivo com muitas pessoas da mesma faixa de renda, sei muito bem do que estou falando.
    Vou citar um exemplo do que estou falando: uma pessoa que que mora numa dessas regiões e não ganha tão bem, nunca deveria frequentar lojas de shoppings e boates que cobram um valor pra quem tem um patamar de vida com custo alto, mas mesmo assim, o que mais se ver, são pessoas que não poderiam ou deveriam estar lá, mas estão e ainda gastando todo o dinheiro.
    Então, com essa cultura que nós temos, ou sei lá do que pode ser chamado isso, acho que os valores dos imóveis não terão aquela queda acentuada como ocorreu nos EUA. Acho que esse valor ficará parado por anos e anos e sendo comido pela inflação, pois ainda se acha muitas dessas pessoas sem noção do que seja valor justo a ser pago nos produtos.
    Se o povo brasileiro tivesse uma cultura econômica mais apropriada, acho que essa bolha estouraria no máximo esse ano, se não tivesse estourado dois anos antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto...essa nova ex-crasse merdia do PT, que voltou a ser pobre, nao deveria ir em shopping,boate,etc pois nao sabe matematica, alem de nao ter dinheiro, entao que fique no funk de rua mesmo.

      Excluir
  11. Ultimamente eu ando com medo de comprar qualquer coisa aqui

    Ando com medo da crise generalizada do Brasil

    Hoje é consenso aqui nesse blog que estamos diante de uma situação insustentável nos imóveis

    Mas ando com medo que essa situação também seja insustentável na bolsa, nos títulos de renda fixa dos bancos e até mesmo no tesouro direto

    A crise é muito feia, amigos
    Meu alerta de paranóia está ativado

    Fica de meta para 2017 aprender a converter o nosso papel banana em algo mais confiável

    Já aos CORVOS avarentos, só posso sentir pena... esses nem com reza brava resolve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não estou comprando nada, estou adiando a troca do meu carro, a compra de minha casa, a troca da geladeira, etc. quem sabe no no início de 2019 eu volte a pensar nesses assuntos, enquanto isso deixo o meu dinheiro aplicado.

      Excluir
  12. Antigamente, os imóveis eram baratos, porém não havia crédito fácil e muitas pessoas só conseguiam comprar lotes de terrenos no fim do mundo.
    Entre 2008 e 2010, veio o crédito fácil, e muitas pessoas conseguiram comprar imóveis em ótimos lugares, e fico contente que há muitos amigos meus que até já conseguiram quitar o financiamento.
    No entanto, a ganância das construtoras, dos especuladores e dos corvos malditos, foram culpados por ter aumentado os preços dos imóveis com valores surreais.
    Hoje, comprar um apartamento financiado, para muitos, estará adquirindo uma bomba relógio para o futuro, pois além de passar a vida inteira endividado, ainda terá que arcar com condominio caro pelo resto da vida, e pior, as vezes pagará sem mesmo usar as benfeitorias do condominio.
    Resumindo, o que eu quero dizer é o seguinte: As pessoas estão perdendo emprego, até mesmos os funcionários públicis concursados estão com perigo de serem demitidos, com esta regorma trabalhista que estão querendo implantar, literalmente as pessoas viverão de bico, pois não conseguirão mais ficar muito tempo numa empresa.
    Imagina um Senhor de 60 anos precisando de trabalhar e comprar remédios e ainda pagar condomínio caro SEM ESTAR APOSENTADO, E SEM PREVISÃO PARA SE APOSENTAR, e ainda imagina o coitado ser despejado.
    Eu sou funcionário público numa empresa forte em São Paulo, estou cagando de medo da mesma privatizar e todo mundo ser mandado embora.
    Eu sei que estou sendo muito radical, mas este é o meu pensamento, todo mês guardo uma quantia todo mês para comprar um imóvel um dia.
    Mas o pior, guardo para o imóvel e não guardo para o complemento da aposentadoria, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.
    Quem não concordar com este comentário, eu gostaria de saber como as outras pessoas pensam, talvez estou sendo radical de mais, mais este é o meu pensamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc não está errado 5 de janeiro de 2017 09:15. O medo é geral!! Mas nós vamos ficar nessa corda bamba até as eleições de 2018 e iniciar novo governo em 2019. Ninguém tem confiança em nada. Quem tem algum valor mensal está fazendo o básico. Muita coisa para acontecer em 2017.

      Excluir
    2. Os imóveis vão baixar muito pouco no anúncio. O que vai fazer baixar é a oferta que será feita a cada imóvel. Se fizerem oferta. Enquanto isso os proprietários pagam os custos do imóvel. Eles não querem perder. Já perderam, estão perdendo e vão continuar perdendo se não aceitarem uma proposta. Compraram errado!! O melhor é diminuir o prejuízo.

      Excluir
    3. Se compraram errado, muitos vão levar até o final da vida na esperança de recuperar alguma coisa, porém o prejuízo só aumentará a cada ano que passa.São aqueles que compraram sem entender a realidade (Não aprenderam com a ENCOL) e vão teimer até o fim.

      Excluir
    4. Oi .somente uma ressalva referente demitir servidor público. Cabe ressaltar, tem empregado público regido pela Cor e estatutáriestatutário onde naocabe rescisão, sim redistribuição.

      Excluir
  13. Meus sentimentos aos corvos... que não tem nem pão velho pra matar a fome kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  14. Desemprego ainda deve subir mais em 2017, antes de começar a cair

    ResponderExcluir
  15. Estou acompanhando em santos um ap de 500m2 proximo de onde fico e que foi lancado ha quase 2,5 anos com ocupacao atual de apenas 4 dos 23 andares. Tem placa de exposicao com se fosse novo porem é “semi novo” em termos de tempo de lacamento e fiquei imaginando se a manutencao deste tipo de predio acaba sendo eficiente ja que nao tem nem morador suficiente pra ver e reclamar dos eventuais problemas. Quando realmente tiver um numero suficiente de moradores para identificar os problemas ja vai ter passado a garantia da construtora.

    ResponderExcluir
  16. Imóvel é buraco... não serve pra nada... os corvos que o digam

    ResponderExcluir
  17. Assim que o Panetone baixar pra 2 reais, vou comprar uma carrada pra mandar para os Corvos se alimentarem, isso se eles ainda tiverem aqui kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  18. Pensando um pouco sobre o que aconteceu em 2016, no que diz respeito a economia e assuntos diretamente relacionados, vale a pena avaliarmos quais foram os principais problemas, se e como foram enfrentados pelo governo, empresas e famílias e quais seriam as expectativas mais realistas para o ano de 2017.

    Falando sobre cada assunto que foi protagonista neste ano que passou e dividindo estes assuntos em diferentes comentários, na sequência…

    ResponderExcluir
  19. Preços de venda e locação de imóveis comerciais seguem em queda, mostra FipeZap... a realidade lá fora é outra. vai baixar mais de 50%

    ResponderExcluir
  20. O credito facil fez o preço dos imóveis ficarem surreais. Alem dos preços inflacionados, a depender do valor q vc financiou vc paga ao final até 3 vezes o valor financiado., ou seja, vc paga por 3 imóveis. Agora é crescente o numero de imóveis sendo perdidos por nao conseguirem pagar. Toda grande cidade esta com emprendimentos totalmente empacados pq o credito imobiliario esta mais dificil, e o mercado imobiliario brasileiro é quase totalmente dependente de financiamentos. Os preços tendem a cair muito, e mta gente endividada por imoveis q nem de longe vao valer o q custaram qdo negociados.

    ResponderExcluir
  21. distrato. eis o principal tema dos próximos embates... além de muita falência das construtoras e corvos pirando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que sairá alguma lei sobre distrato? Se sair será benéfica ao comprador? Na dúvida eu iria correndo devolver (se eu tivesse comprado na planta)

      Excluir
  22. Sonho da casa própria virando pesadelo! E por hora, vai piorar ainda mais! Desemprego aumentando, e mesmo quem tá se segurando com seguro-desemprego e acerto da empresa que despediu, essa grana não dura muito!...54 milhões tomaram um golpe em 2014! LULA SALVADOR DE VOLTA EM 2018

    ResponderExcluir
  23. legado da bandeira vermelha! Te endividou, e agora vc fica com a dívida

    ResponderExcluir
  24. Chegou a hora de pagar o preço de ter acreditado nas mentiras dos petr.alh.as. A casa caiu. Literalmente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E agora josé? Que país é esse?

      Excluir
  25. De que adianta se interessar por um imóvel desses se 99% estão ocupados pelos devedores? É o mesmo que pagar imposto, vc paga e não volta nunca!

    E ainda mais quem tem emprego pra pagar por um POMBAL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gasta-se muito para retirar o inquilino.

      Excluir
  26. O Zé povinho elegeu o PT, só que o PT sempre governou para os banqueiros, simples assim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os bancos ganharam muito nesses 13 anos. Acho que nunca ganharam tanto. LILS dizia que usineiro e banqueiros eram ... antes de ser eleito, após eleito mudou. Lembram quando disse que o analista econômico do Santander não entendia nada de economia (Porque disse uma série de verdades) foi demitido porque LILS não gostou.

      Excluir
  27. A quem quer financiar um imóvel, que esteja bem ciente que o banco não perde nunca... NUNCA!

    Já os CORVOS estão todos doidos.

    ResponderExcluir
  28. O povo brasileiro trabalha tanto para comprar um imóvel, ai acontece isso .. quando esse Brasil vai melhorar !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O povo junta dinheiro ao longo da vida e perde quase tudo quando compra um imóvel na planta ou a preços escrocantes.

      Excluir
  29. Resultado de 13 anos de des-governo peteba! Na propaganda o pobre podia comprar à vontade, pois tinha chegado a sua vez. "Enganei o bobo na casca do ovo"... A conta chegou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A conta chegou e muitos que compraram não tem condições de pagar. ainda assim querem LILS para 2018.

      Excluir
  30. O melhor investimento é comprar um terreno e ir construindo aos poucos , pelo menos vc nunca vai perder . Sem CORVOS carniceiros zicando tudo

    ResponderExcluir
  31. A culpa que era 'daszelites' agora é daszelotes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segundo eles o problema é a elite, porém quem gosta de falar isso tem patrimônio maior quem aqueles que estão classificados como elite. Com essa conversa chegou aonde chegou e fez juntamente com seus amigos o Brasil cair nesse buraco sem fim. Filhos milionários, acho que esses poderiam ensinar ao povo como se tornar milionário.

      Excluir
  32. quero tudo na chom!😂
    nao temam Temer cuidara disso!

    ResponderExcluir
  33. Segundo as previsões para 2017 sobre o mercado de trabalho, mais e 1 milhão de trabalhadores perderão os seus empregos, desses acredito que de 1 a 2% adquiriam algum imóvel na planta e necessitarão de renda para o financiamento, portanto o caminho será a devolução (distrato) significa que 10.000 a 20.000 unidades serão incorporadas aos estoque da construtoras que já estão elevados. A saída é venderem por preços compatíveis com a atual realidade (30 a 50% do valor atual).

    ResponderExcluir