Total de acessos

Teste

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Valor: Caixa suspende linha de crédito imobiliário por falta de recursos

Nos bastidores, os funcionários da Caixa dizem que a suspensão da linha de crédito está relacionada aos saques de contas inativas pelos trabalhadores. “Alguém teria de pagar a conta do saque das contas inativas do FGTS”, disse uma fonte

A Caixa Econômica Federal suspendeu o Programa Especial de Crédito Habitacional ao Cotista (Pró-Cotista), linha de financiamento que oferece juros reduzidos para trabalhadores titulares de contas vinculadas do FGTS. A medida foi tomada, segundo fontes ouvidas pelo Valor, porque não haveria mais saldo disponível no orçamento do FGTS destinado a essa finalidade e, portanto, seria necessário um remanejamento de recursos do fundo para a linha.

Gerentes ouvidos pelo Valor informaram que receberam comunicado interno determinando a suspensão da linha de financiamento. As operações rodadas até o início de abril foram acatadas, segundo essas fontes, mas novos financiamentos não podem ser realizados por falta de disponibilidade de saldo no banco.

Nos bastidores, os funcionários da Caixa dizem que a suspensão da linha de crédito está relacionada aos saques de contas inativas pelos trabalhadores. “Alguém teria de pagar a conta do saque das contas inativas do FGTS”, disse uma fonte.

Empresa nega
A Caixa negou, por meio de sua assessoria, que a suspensão esteja relacionada ao saque das contas inativas do fundo e acrescentou que o orçamento do Pró-Cotista é decidido de forma técnica e aprovado pelo conselho curador do FGTS. O banco informou ainda que deve ser liberado nas próximas semanas um montante próximo a R$ 3 bilhões especificamente para essa linha.

“A Caixa já possui propostas de financiamento habitacional em análise que equivalem à totalidade dos recursos, no momento, para a linha de crédito Pró-cotista”, informou o banco por meio de nota.

Segundo um técnico do Ministério das Cidades, deverá ser publicada uma portaria para remanejar recursos para o Pró-Cotista.

A ideia é que cerca de R$ 2 bilhões sejam retirados do Programa Minha Casa, Minha Vida e destinados ao orçamento do Pró-Cotista. “Estamos apenas aguardando a indicação da Caixa sobre quanto é preciso de recursos. Mas não vejo razão para parar de contratar”, informou o técnico, que acrescentou que o remanejamento de recursos não tem relação com o saque das contas inativas do FGTS.

Estímulo frustrado
Recentemente, o governo retirou R$ 7 bilhões do orçamento do FGTS que seriam destinados para saneamento básico e infraestrutura urbana para custear as medidas de estímulo ao setor de construção civil. Além do remanejamento do orçamento, uma resolução do Conselho Curador do FGTS prevê que não haverá novos repasses para o fundo FI-FGTS neste ano.

Entre os requisitos para ter acesso à linha de financiamento pró-cotista, o trabalhador deve possuir, no mínimo, três anos de trabalho sob o regime do FGTS, consecutivos ou não, na mesma empresa ou em diferentes empresas. A modalidade oferece juros diferenciados na comparação com o mercado.

Uma simulação realizada em fevereiro em uma agência da Caixa em Brasília indicou, por exemplo, a cobrança de juros efetivos de 7,85% ao ano mais Taxa de Referência (TR), na hipótese de o trabalhador abrir uma conta-salário no banco. Na chamada taxa de balcão, para não clientes e sem o uso do FGTS, esses juros efetivos subiriam para cerca de 10,99% ao ano mais Taxa de Referência (TR), mostra uma simulação realizada no site da Caixa.

O cronograma de saque de contas inativas do FGTS ainda está na sua segunda fase. Até julho, o valor disponível para saque será de R$ 43,6 bilhões, atendendo 30,2 milhões de trabalhadores.

(Valor Online - Finanças - 27/04/2017)

VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

84 comentários:

  1. Estímulo frustrado? Querem vender?

    Baixem os preços e quem sabe, quando voltar o emprego e renda, voltaremos a comprar!

    ResponderExcluir
  2. As fontes estão secando

    ResponderExcluir
  3. Cobertor curto, cobre de um lado,...

    ResponderExcluir
  4. Gente, que bom que descobri esse blog.
    Aqui no Centro de SP tem tanto lançamento de "compactos de luxo", a famosa quitinete. Só se vê isso sendo construído. 22, 28 m², vendido a peso de ouro.
    Comecei a desconfiar e cheguei até aqui. Vou acompanhar o blog daqui pra frente.
    Comentários também são muito lúcidos.
    Abraços
    Adriana Gomes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Humm...ta cheirando "detected"...kkkk..

      Excluir
  5. Estao se fazendo de vitima.

    ResponderExcluir
  6. 14,2 milhões de dempregados
    O governo diz que a situação está melhorando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E bem mais que esse 14,2, deve estar ja nos 30 milhoes brincando.
      BRASUELA A VISTA DE TODOS ATE 2030.

      Excluir
  7. Está tudo acabando: Empresa, empregos, etc

    ResponderExcluir
  8. Interessante, acho que liberar o FGTS inativo foi de longe a melhor ideia destes últimos governos.
    Enquanto estava sendo usado para financiar bolhudos, privilegiava alguns poucos com FGTS e renda suficiente para esta operação, pelo menos ao liberar o saque o FGTS pode trazer benefícios a um maior número de cidadãos...

    ResponderExcluir
  9. Acabou a laranjada 😁 😂 😂. Metro quadrado a R$800,00.
    Caso contrário, melhor pagar R500,00 de aluguel.

    ResponderExcluir
  10. Estão secando o dinheiro do minha casa minha vida, vai ficar mais difícil comprar um apartamento de 40m2!!🤔

    ResponderExcluir
  11. Adriana Gomes, qual o valor do m2 estão pedindo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Região Central:
      Luz - 22 m² - 223 mil
      Liberdade - 28m² - 233 mil
      Bela Vista - 40m౽ - 350 mil
      Sé - 22 m² - 273 mil

      Zona Sul, bairro Saúde
      51 m² - 525,7 mil

      Excluir
    2. 10 mil o metro quadrado na Luz... aquele lugar me dá medo, ainda mais pela noite! Ainda me lembro dos vigias noturnos q ficam olhando as lojas caso algum cracudo tente arrombar. Lugar bom para se estar bem longe!

      Excluir
    3. (Anônimo 1 de maio de 2017 00:15) Pois é. E ela ainda falou que tem grande chance de valorização devido ao projeto de revitalização do Centro, da Prefeitura de SP.

      Excluir
  12. Uma coisa e certa...Brasuela a vista de todos...caso não hover uma reforma tributária com imposto unico e baixo, igual ao Paraguay que cresce 5% pib ao ano,com o modelo economico "LEI DE MAQUILA" onde empresas pagam apenas 1% de imposto somente sobre o lucro, gerando emprego,renda,divisas de exportaçoes de manufaturados com alto valor agregado,enquanto aqui ocorre a "desindustrialização" a todo vapor.
    Aqui impostos em cascata não funciona mais......

    ResponderExcluir
  13. A crise só está no começo e a caixa já fecha sua linha de crédito.

    Vocês irão assistir muito +, esse é só o começo.

    ResponderExcluir
  14. Visão dos acontecimentos28 de abril de 2017 18:50

    Correta interpretação da notícia.

    A maior parte das pessoas desempregadas são as mais humildes e com menor especialização de trabalho, das quais estão com elevadas dívidas. O retorno ao mercado de trabalho com a PEC da terceirização será com salários e direitos reduzidos.

    As pessoas que utilizam essa linha de financiamento são as que estão adquirindo o primeiro imóvel, e a maioria delas tem o perfil descrito acima.

    O seguimento que irá perder um pouco é o dos imóveis mais populares, portanto esqueçam o lançamento de imóveis neste perfil. Quem faz "up grade" de imóvel usa o SFH, que é financiado pela Caderneta de Poupança, que voltará a crescer seus aportes com a queda da Selic.

    Resumindo, pessoas que querem comprar o primeiro imóvel, ou pagam um pouco mais na taxa de juros ou irão viver de aluguel. Consequentemente mais pessoas irão para o aluguel, a oferta diminuirá e os preços aumentarão muito!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixa de ser retardado homi, você é anencéfalo?
      Sem emprego e renda quem vai comprar o què?
      Vá grunhir em outro milharal.
      Corvo passa fome.
      Aliás, você já fez o seu cadastro na prefeitura para pegar cesta básica?
      Corvos em desespero!
      Corvos suicidando!
      Corvos em depressão!
      Corvos nadando contra a correnteza!
      Corvos profetizando dívidas eternas kkkkkkkkkkk.

      Excluir
    2. Ei profeta, lavagem de dinheiro acabou. Que planeta vc está? Acorda mané 😎

      Excluir
    3. Também estou para apostar nisso, tenho dois imóveis, cada um rendendo 1 mil mês e zero dívidas, vou vender um deles ( mais barato) direcionar 100 mil da venda para levantar mais 2 imóveis no terreno e fazer em sistema de habitação escrituras individuais ( 3 casas, 3 escrituras) , totalizando 350 mil investido ( 250 o valor atual do terreno e casa, mais 100 mil do investimento) , colocando em preços atuais para alugar rápido eu consigo alugar por 700, tiro 50 de iptu mês, 50 da taxa de administração da imobiliária, fico com 600, vezes 3 da 1800.
      Estou apostando que os valores dos aluguéis venha a subir e que os bancos comecem a dificultar os financiamentos, só tenho medo do inverso acontecer, imóveis começar a baratear e as pessoas pararem de alugar e comecem apenas querer comprar, de qualquer forma né blindo um pouco por ter 3 escrituras pode dando ser vendidas individualmente, caso a aposta vire para um mercado com mais vendas e caso vire para mais aluguéis eu já tenho 3 fontes.
      Já analisei investir tudo no título público, mas não compensa, 1800 limpo em aluguéis, livre de IR e uma quantia de 70 mil nas mãos que podem ser direcionados a aplicações, traduzindo....

      As vezes investir em imóveis pode ser rentável, todo caso é um caso, nunca se pode generalizar. Fique claro que coloquei esses valores como aluguel, mas casas semelhantes, na mesma região são alugadas por 850 a 1 mil mês, então estou especulando valores lixo para aluguel imediato para exemplificar que as vezes pode compensar.

      Excluir
    4. Ou vc não raciocina ou vc é mal intencionado.

      Talvez as duas coisas.


      Excluir
    5. Corvo detectado tentando confundir os incautos!
      Contra a matemática não há argumentos.
      Com 700.000 investidos vc tem rendimentos de 7.000/mês.
      Construindo e alugando vc fala que vai ter 2.400????

      Tá de Zoeira, é corvo!

      Excluir
    6. Errado, muitos profissionais que estão desempregados são tbm pessoas com mão de obra especializada até mesmo da construção civil, tem muito engenheiro desempregado, muitos técnicos desempregados, e claro tem tbm aqueles que possui uma mão de obra pouca especializada.
      Achar que somente o motorista de caminhão ou porteiro é a principal pessoa afetada é um equívoco grande, talvez até um viés tendencioso pois não representa a realidade.

      Excluir
    7. Anonimo 21:34 - A espectativa é que os aluguéis caiam ainda mais, uma vez que houve deflação, ou seja, crescimento negativo do IGPM que foi divulgado, haja vista que tem contratos que se baseiam nesse índice para o ajuste, com deflação ou fica no mesmo valor ou simplesmente cai, aumentar mesmo é muito dificil, a não ser que o sujeito queria ficar com o imovel vazio.

      Excluir
    8. Anônimo das 18:12, quem disse sobre 700 mil? Valores desses meus imóveis se vendidos bem, gira em torno de 450 mil ( os dois juntos) , já pensei e fiz alguns cálculos para ver a renda que geraria aplicando, porém oq desanima é que em aluguéis ( mesmo praticando um prelo absurdamente baixo) eu consigo tirar mais se unificar as duas obras ( ou seja, vendendo uma e aplicando na outra) cada região uma região, cada público um público entende? Eu não compraria imóvel no momento do Brasil, acho besteira, mas já comprei e tenho os dois livres de dívidas, antes eu unificar as obras e tirar meus 2 mangos livres e ter 70 mil na mão para aplicar, com renda extra dos imóveis caso eu precise de algo além do meu negócio que atualmente fatura de maneira confortável ( alimentício).

      Um pouco confuso devido a falta de detalhes específicos, tenho em mente de que projetando do jeito que estou projetando, não venha cair em desgosto no futuro, entenda, aluguéis semelhantes na mesma região estão sendo aplicados por até 1 mil, eu estou chutando preços muito a baixo do mercado atual!! Mesmo que venha cair 40% nos valores do aluguel da região onde pretendo direcionar, ainda assim teria algo próximo da aplicação e 70 mil na mão.
      Nem sempre aplicar é a melhor opção, a longo prazo eu teria um melhor desenvolvimento aplicando, mas conforme meus cálculos isso só começaria a ser vantajoso depois de 12 anos, antes disso os aluguéis da maneira que estou especificando, ainda se tornam mais lucrativos, tenho 10 anos para apostar que o mercado imobiliário venha no mínimo começar a crescer ou estabilizar, 10 anos de queda não existe. Sendo assim, aplicar o dinheiro não seria viável, pois antes dos 12 anos onde ele começa a tomar mais força e compensar, o mercado já possa ter uma força e expectativa de aumento ou estabilização.

      Excluir
    9. Olha, rapaz. "10 anos de queda não existe" Melhor rever isso aí. Na Espanha vai bater quase isso, no Japão já bateu e, se for ver bem, no Brasil não deve ter ficado longe disso lá na década de 80, mais ou menos. Essas "certezas" são grandes perigos, ainda mais no mercado imobiliário. Sempre questione!
      E não sei como está cada região pra aluguel. Talvez a sua esteja menos pior que a média. No mercado aqui da Zona Norte do Rj já caiu fácil 20% desde o auge em 2015. Está difícil evitar a vacância e as contas de condomínio se acumulam desde o final das Olimpíadas, o tiro de misericórdia pro setor imobiliário agonizante já naquela época. Então cuidado com esses investimentos aí, mermão, muito cuidado mesmo.

      Excluir
    10. Ainda mais que o índice de IGMP caiu, ou seja, contratos de aluguel que usam como base para reajuste esse índice indica que vai ficar ainda mais barato.

      Excluir
  15. KKK.
    Visão dos acontecimentos é míope! Os preços aumentarão aonde? Deixe de ser ridículo! Os preços estão despencando. Uma placa a cada esquina para aluguel. Como não venderão seus imóveis, por falta de dinheiro no mercado, a tendência é de que os propriotários dos imóveis coloquem para alugar, no desespero de ter que arcar com condomínio e iptu. As ofertas subirão muito! Dá zero pra ele, professor!

    ResponderExcluir
  16. Que dicotomia é essa corvo profeta?

    "Resumindo, pessoas que querem comprar o primeiro imóvel, ou pagam um pouco mais na taxa de juros ou irão viver de aluguel. Consequentemente mais pessoas irão para o aluguel, a oferta diminuirá e os preços aumentarão muito!!!"

    Tá querendo enganar quem?

    Tá pensando que o povo é bobo?

    Acho melhor vc procurar outra profissão, pois, acabou a lavagem de dinheiro em imóveis. Agora, voltemos a realidade do brazueco.

    ResponderExcluir
  17. Que aporte de recursos de caderneta de poupança? Larga de ser jacú!
    O povo está sacando dinheiro para comprar pão com ovo!
    E quem tem muito dinheiro, já migrou para outras aplicações.
    PF e MP está de olho em quem tem muito dinheiro aplicado na poupança, pois, ninguém é besta de perder dinheiro deixando parado.
    Imóvel: 0,2%
    Poupança: 0,5%
    LCA e LCI: 0,9%
    Outras aplicações menos conservadoras:1,3%
    Pare de falar mentira!

    ResponderExcluir
  18. O visão dos acontecimentos fuma um antes de digitar essas m****s em cada tópico! Volta pra imobiliária corvo traíra!!!

    ResponderExcluir
  19. kkkk , que piada, onde a margens para aumento de aluguel. Onde tirou estes dados estatísticos , da sua bola de cristal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda mais com a queda do IGPM, o aluguel vai ficar mais barato do que já está.

      Excluir
  20. Não sabia que na crise as pessoas fazem upgrade, não seria down-grade? CORRETOR TEM CADA UMA

    ResponderExcluir
  21. Com tudo isso , os preços continuam bem altos aqui no Rio ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pq os cariocas são essssssssssspertos e vão morrer agarrados aos tijolos. Não aceitam q estão falidos.

      Excluir
    2. É só chegar com dois terços da grana em cash q duvido q não negociem. Mas tem q saber onde e como procurar os motumbados q vão tornar isso mais fácil. Se bem q a coisa ta tão feia q nem metade do dinheiro em cash as pessoas estão tendo! Mais queda à vista!

      Excluir
    3. VC é um grande sonhador !!!

      Excluir
  22. Os imóveis já são caso encerrado... não comprem nada até 2025... Lá podemos fazer uma análise melhor... previsão é de chegarmos ao patamar dá Venezuela em 2030. Evitem dívidas de longo prazo.

    ResponderExcluir
  23. Esse tal de visão dos acontecimentos não deve ter concluído o ensino básico.

    Continuará aumentando o número de imóveis a venda e para alugar ninguém tem emprego ou dinheiro para comprar e quem tem vai guardar como fator de segurança.

    Conclusão mais imóveis a venda ou para alugar mais barato fica a compra ou aluguel.

    ResponderExcluir
  24. Esse visão dos acontecimentos está trolando todo mundo.

    Moderador não poderia moderar esse tipo de comentário?

    ResponderExcluir
  25. Em relação ao comentário acima, onde o colega vai colocar 100k da venda de um imóvel criar uma condição de que um imóvel avaliado em 250k possa render 1k8.
    100k pode render isento de IR em torno de 700, em FII, isto para manter o investimento com correlação alta com imóveis, neste caso, eu venderia tudo e investiria em FII, supondo conseguisse 300k, diversificando em FII, teria algo como 2k...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc esqueceu dedescontar a inflação, seus R$2000,00, viraram R$1250,00.

      Excluir
    2. anônimo 00:00
      Esse é um erro muito comum. As pessoas visualizam a inflação apenas nas aplicações e esquecem que ela influência em tudo INCLUSIVE no dinheiro que recebe de aluguel. Se você recebe o dinheiro e guarda em casa vai sofrer com a inflação do mesmo jeito. Lembrando que há incidência de IR no ganho do aluguel.

      Excluir
  26. Vejo coerência no "Visão dos acontecimentos".
    Para cada Engenheiro mandado embora quantos mestres de obra são mandados? Para cada mestre de obras quantos pedreiros são mandados? O mesmo raciocínio pode ser avaliado para gerente, supervisor e pião.

    ResponderExcluir
  27. Em 2013 eu descrevi que os imóveis iriam ter uma desvalorização média de 50% nos próximos 4 anos, e ninguém acreditava.

    Esses dias vi uma pessoa influente falando que existem vários investimentos melhores com a queda da Selic, e que não investiria em LCI, pela postura do comentarista nem ele acreditava no que estava falando.

    Vejo previsões apocalípticas sobre o mercado imobiliário, mas em 2016 no auge da crise foram vendidas 16 mil unidades de imóveis prontos que na sua maioria tinham voltado de distratos, só na grande São Paulo. Hoje os estoques estão em 23.000 unidades, as construtoras não estão lançando imóveis novos, isso significa que os estoques estão diminuindo moderadamente, e muitas pessoas compraram com bons descontos em relação ao valor de lançamento, no geral o preço do metro quadrado estaciona pois a oferta de imóveis é maior que a procura, mas isso é transitório pois os estoques estão caindo, outro fator importante é a concentração de imóveis por região, por exemplo na zona norte de São Paulo que é muito vasta tem hoje uma oferta de 3.000 apartamentos novos, prontos e praticamente não tem lançamentos.
    Se você está disposto a morar em qualquer localidade sem preferência, você irá conseguir comprar um imóvel mais em conta a médio prazo, mas se você estiver pensando em morar em determinada localidade pode estar perdendo o bonde dos descontos a curto prazo.

    Boa parte da queda do IGPM foi devido à queda do dólar com o mercado precificando a aprovação das reformas trabalhistas e previdenciárias que é um fator transitório, como não há reposição dos estoques das construtoras haverá aumento dos preços dos aluguéis por demanda.

    O tesouro direto está com 49 bilhões de reais de pessoas físicas ( pessoas comuns), boa parte são pessoas que investiram 40 mil, 80 mil e 120 mil, afim de alavancar o dinheiro com os juros na esperança da "BOLHA IMOBILIÁRIA ESTOURAR”, para sacar o dinheiro e dar uma entrada melhor em um imóvel depreciado, enquanto isso vão morando de aluguel pois está barato, quem fez isso entre 2014 e janeiro de 2017 ganhou muito dinheiro, principalmente quem foi mais arrojado e fez trade com NTNB principal 2035 a 8% + inflação, depois em 2016 entrou em um fundo atrelado a cesta básica de ações da Bovespa e viu seu capital mais que dobrar.

    Com base nos textos anteriores teremos uma situação com muitas pessoas com capital, mas poucos imóveis para comprar, e não estou falando de imóveis para investimento e sim para moradia desencadeada pela Selic que está em queda e muito poucas pessoas não têm perfil de investidor arrojado, portanto voltarão para a poupança que é segura isenta de imposto de renda e pagará mais que o tesouro, as outras tentarão comprar o imóvel sonhado que aumentará de preço por demanda.

    Fonte: http://www.secovi.com.br/downloads/pesquisas-e-indices/pmi/2017/arquivos/201702-pmi.pdf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "as construtoras não estão lançando imóveis novos, isso significa que os estoques estão diminuindo moderadamente, e muitas pessoas compraram com bons descontos em relação ao valor de lançamento" Errado. Apesar de as construtoras terem zerado os lançamentos, os estoques continuam crescendo. Tal fenômeno indica grande volume de distratos e níveis baixíssimos de venda.
      "no geral o preço do metro quadrado estaciona pois a oferta de imóveis é maior que a procura"
      Errado 2. Se isso for verdade, por si só, implicaria na tendência de queda do preço.
      "Boa parte da queda do IGPM foi devido à queda do dólar com o mercado precificando a aprovação das reformas trabalhistas e previdenciárias que é um fator transitório"
      Errado 3. A queda do IGPM se deveu ao país passar por um processo de depressão econômica, aliado a estabilidade do câmbio. As reformas não tem efeito direto de curto prazo grande sobre este índice, elas afetam mais a expectativa de juros futuro, nota de crédito, podendo ou não refletir no câmbio de modo mais severo.
      "como não há reposição dos estoques das construtoras haverá aumento dos preços dos aluguéis por demanda."
      Errado 4. Segundo o próprio IBGE, a população brasileira parará de crescer muito em breve (entorno de 15 anos), sendo que hoje mesmo a taxa de natalidade é baixa, insuficiente para incrementar a demanda de maneira substancial como esta suposto. Pode ser que muitos imóveis nunca cheguem a ser ocupados.
      "Com base nos textos anteriores teremos uma situação com muitas pessoas com capital, mas poucos imóveis para comprar, e não estou falando de imóveis para investimento e sim para moradia desencadeada pela Selic"
      Errado 5. Esta realidade não existe, infelizmente. A Selic está caindo, mas isso só acontece porque a inflação cedeu rapidamente em razão da implosão da bolha de crédito, fruto da bolha, que resultou em crise econômica forte, assim como em qualquer país que já experimentou este mesmo processo. Como consequência da queda rápida da inflação, com a Selic alta, os juros reais ( a grosso modo = Selic - IPCA) dispararam. Então o BC reagiu para diminuir esta distorção. Porém, a velocidade está muito aquém do q se esperaria, se lembrarmos que o PIB caiu uns 3,8% ano passado (teve instituto que chegou a encontrar queda de 4,5%). Quanto ao "muitas pessoas com capital", isso não faz sentido econômico no nosso contexto. Primeiro pq os juros estão altos, sinal de q há pouca poupança (quanto mais dinheiro depositado, mais os bancos poderiam emprestar e isso tenderia levar as taças de juros para baixo). Segundo pq se isso fosse verdade, provavelmente não haveria crise econômica, porque a tendência seria o uso desse capital para pagamento de dívidas e completar despesas de consumo, já que a geração de empregos e renda está em baixa. O fenômeno geral em crises econômicas é que as classes baixas percam poder de compra e poupança, e as classes altas (detentoras das empresas) não reinvistam os lucros em todo seu potencial temendo uma quebra. Mas aí que está o ponto: as classes altas já são detentoras de muitos imóveis e possuem alternativas muito mais rentáveis para seu dinheiro em comparação ao mercado imobiliário. Portanto, se esse grupo vier por acaso a produzir uma demanda por imóveis, essa mesma terá caráter especulativo, não de compra para moradia. Só que para especular, os preços precisam ter margem de subida. E para ter margem de subida, precisam estar baixos e com economia crescendo. Ou seja, esse texto postado não tem nexo nem sentido econômico algum, não passa de uma Visão dos Acontecimentos extremamente ideologizada pró-corporações, se aproximando de uma torcida organizada que ignora qualquer tipo de lógica e inclusive possui paradoxos em si mesma.


      Excluir
    2. Afirmar que teremos bastante pessoas com capital investido dispostas a adquirir imóvel é complicado.
      Para o mercado imobiliário iniciar uma reação depende de geração de emprego, que aumentaria o apetite por aluguéis, gerando valorização destes a ponto de tornar vantajoso comprar o imóvel em vez de usar renda para pagar um aluguel.
      O problema é que no primeiro indício de recuperação, deveremos ter um aumento de pressão inflacionária, o que deve pressionar os juros, aumentando os retornos dos investimentos.
      Este é um exemplo de outro cenário, o quão provável ele pode ser? parece mais provável que uma recuperação do mercado imobiliário em 10 anos.

      Excluir
    3. Meu querido visão dos acontecimentos!
      A Lava Jato vai chegar nos Sindicatos viu!

      O bobo, não acredita nesses pelegos não! Eles estão do lado das construtoras e imobiliárias, querendo empurrar 40 metros quadrados por R$280.000 no povo desempregado.
      A laranjada acabou meu caro.

      Excluir
    4. A casa caiu para o Vidente kkkkkkkkkkkkkkkk, falso profeta kkkkkkkkkkkkkkkk, Balaão (procure no Google), profeta que se vende por dinheiro.
      Ninguém caiu na sua lorota corvo mentiroso.

      Excluir
  28. Concordo plenamente, mas o povo está desempregado, estão sacando dinheiro para comprar macarrão meu amigo.
    E outra coisa, não fica acreditando nesse pessoal da SECOVI pois não entendem nada, se entendessem, fariam campanha por imóveis mais em conta, menos impostos, etc.

    Acorda, vc está no Brasil, não em Lisboa.

    Imóveis no Bananistão mais caro que Nova York, Lisboa, Londres, Frankfurt, Miami.

    São mais de 60.000 mortos por ano por crimes VIOLENTOS.

    Quem tem dinheiro está investindo imóveis sim, lá em Lisboa.

    ResponderExcluir
  29. O saldo total de títulos do tesouro em mercado alcançou o montante de R$ 43,6 bilhões em março, um aumento de 1,5% em relação a fevereiro (R$ 42,9 bilhões) e de 48,6% sobre março de 2016 (R$ 29,3 bilhões).
    Títulos do Tesouro Direto oferecem rentabilidade acima da inflação. O resultado é que, em 2016, os saques da poupança voltaram a superar os depósitos, desta vez em R$ 40,7 bilhões.
    Com isto a Caixa Econômica Federal está sem recursos para liberar financiamentos aprovados do Sistema Financeiro de Habitação (SFH).
    Então amigo Vidente, como poderá haver uma corrida anormal para aquisição de imoveis bolhudos, se não ha linha de credito disponível, e como você mesmo afirma , os investidores do tesouro são compostos na sua maioria por pequenos investidores.
    Fora a inadimplência na CAIXA que esta altíssima, o FGTS foi todo surrupiado.
    Porque corretor acha que engana todo mundo?

    ResponderExcluir
  30. Caro Vidente, a poupança depende da queda da SELIC a índices jamais praticados ( abaixo de 8%) para equiparar se a aplicações em LCI que também são isentas de IR , isto considerando aplicar em Bancos Estatais que são mais conservadores ( 80% do CDI).
    Alem disto os preços dos imoveis estão tão deslocados do valor de locação que o valor da prestação de financiamento jamais dos sera menor, a não ser que dê um sinal de mais de 50%.
    E aplicando o valor da entrada em qualquer investimento a rentabilidade sera superior ao valor do aluguel.
    Não se iluda que comprar financiado esta comprando o que é SEU, não é, é do Banco, trabalho na CAIXA e apos 3 meses de inadimplência, o processo de execução judicial para retomada do imóvel e leilão se inicia.
    AMIGOS do blog não caiam na falacia destes abutres de plantão.
    Continuem investindo seus recursos, aluguem ate valer a pena comprar, se um tipo de investimento diminuir a rentabilidade, migre para outros, exemplo , se o governo canetar a SELIC p baixo comprem dólar, a disparada sera certa.
    O mercado imobiliário esta desesperado e são mensageiros do apocalipse, vivam a vida com qualidade, curtam seus juros, e não sejam escravos de dividas e financiamentos para alimentar esses abutres de plantão, que não produzem nada e vivem de iludir as pessoas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente comentário, técnico e real.
      Parabéns mesmo.

      Excluir
    2. O Vidente, pai mané, se tiver vergonha, que acho que não tem, nunca mais volta a vomitar suas mentiras, com o intuito de enganar os incautos.
      Esse blogue e o Bolha Imobiliária, são os únicos em toda Internet preocupados em informar essas verdades e eu fui liberto pela verdade.
      Eu pensava em investir em imóveis mas vendi tudo que tinha (minha mulher ficou louca) hoje muito bem com os rendimentos e moro de aluguel, moro onde quero.
      Morador coloca música de funk, no outro dia estou mudando kkkkkkkkkkkkkkkk estou livre 👏

      Excluir
  31. Boa Tarde!

    Selic 11,25% hoje.
    Selic ao mês 0,9% ao mês
    Taxa de administração tesouro direto 0,5% do valor aplicado ao ano para a corretora.
    Inflação 4,5% ao ano.
    IRPF sobre o lucro 27,5 %

    Investimento R$100.000,00

    Primeiro mês

    R$100.000,00-0,5%= R$99.500,00

    R$99.500,00+0,9% = R$100.395,00

    R$895,00 de juros

    Se for sacar, Temos o IRPF:

    R$895,00-27,5% = R$648,00

    Temos que considerar a Inflação:

    R$648,00 -(R$100.000,00* 0,375) = R$273,00

    A cada R$100.000,00 investido, pode ser sacado R$273,00 por mês, caso contrário o patrimônio será corroído pela inflação.

    Saldo liquido do primeiro mês após o saque de R$273,00 será de R$100.122,00.

    Mas a Selic está em queda, portanto esses valores cairão.!!! A meta para o final do ano é de 8,5% ao ano.

    Não seja sardInha, não vá no "Oba Oba", não vá por mim, nem pelas outras pessoas que falam neste blog nem em outros blogs, calcule, fale com sua família, procure o que é melhor pra vc!!!

    Boa sorte!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ouvir seus conselhos e vou tirar meu dinheiro R$300.000 investidos que me rendem R$3.000,00/mês e vou comprar um apartamento de 40 metros quadrados e vou alugá-lo por R$600,00.
      Pior vai ser descobrir que esse apartamento não vale R$60.000.

      Seus conselhos são matemáticos vidente.

      Obrigado, viu.

      Aliás, vc já investiu em imóveis ou pimenta nos olhos dos outros é refresco?

      Excluir
    2. MENTIROSO!

      Eu vendi meu apartamento de 40 metros quadrados por 180.000 em 2013.
      Apliquei em LCA BB.

      Hoje tenho R$280.000.

      SEM IMPOSTO DE RENDA!!!

      Pago R$1.600,00 de aluguel em um condomínio de luxo em BH + R$450,00 de condomínio.

      SE EU FOSSE COMPRAR, SERIA MILHÃO PRA CIMA! kkkkk

      Com minhas economiastenho R$550.000. E não penso em comprar tão cedo.

      Não entendi esses conselhos do profeta!

      Excluir
    3. Cara, eu não vou contestar o que vc botou aí em cima, simplesmente porque fica claro o seu desconhecimento quanto ao funcionamento de investimentos financeiros. Então, acho que é proveitoso pro blog que tenhamos um belo exemplo da cara de pau desse setor imobiliário tentando emplacar essa distorção ridícula de números através da "matemágica" que só funciona a favor de empreiteira. Ah, se ainda soubesse como funciona o mundo real.. Uma pena! Mas continue assim, espalha mesmo que o bom é comprar na planta. Mal sabe que está me ajudando.

      Excluir
    4. Não se esqueça de fazer seu cadastro na prefeitura kkkkk kkkkk para pegar sua cesta básica. Kkkkkk kkkkkk kkkkk.
      Vá desinformar em outro milharal.

      Excluir
    5. Pensou que ia ser fácil nos enganar?
      Se deu mal.

      Excluir
    6. Visão dos acontecimentos, você mostra todo seu desconhecimento sobre investimentos a cada linha que escreve. Só um exemplo: 27,5% de IR sobre o rendimento?! Procure ler... Seja menos ignorante!

      Excluir
  32. Esse visão dos acontecimentos deve estar sem vender nada de imóveis a meses. Por isso tanta mentira e distorção fe informações. Não adianta visão é GAME OVER para o mercado imobiliário no Brasil. A bolha já explodiu! Não dá mais para esconder...

    ResponderExcluir
  33. Vidente, primeiro que aplicações do Tesouro Direto são para realizar o lucro em médio a longo prazo, seu comparativo foi dentro de um mês apenas, considerando a taxa de custodia anual (querendo ser espertinho hein gerson)
    Segundo que ha outras aplicações como LCI ou LCA sem incidência de IR
    Caro Vidente vamos fazer uma continha juntos

    LCI no Banco BMG dentro do limite de garantia do Fundo Garantidor de Credito (250.000,00) esta em 92% CDI (11,13%) sem IR implicando na rentabilidade de 10,23% a.a
    CDB no BMG esta remunerando ate 118 % CDI rendendo 60% mais que a poupança.

    fonte http://www.infomoney.com.br/solucoes-financeiras/comparador-renda-fixa/cdb-lci-lca

    ResponderExcluir
  34. Vidente, posta ai quanto valorizou imoveis em 2016, KKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  35. MST DETECTED!!!
    SELIC MENOR QUE 9%!
    Poupança melhor investimento!
    Falta de lançamentos e estoque absorvido!
    MALANDRAGEM DO ALUGUEL sendo obrigado a se mudar toda hora para tentar pagar um aluguel que caiba dentro da parcelinha do seu bolso! Isto é, tendo que ir para mais longe e para imoveis piores e menores!!!
    Movimento dos Sem Teto!!! Paguem Meus Alugéis!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com todo prazer meu caro, MST não pois aqui ninguém é vagabundo como você. PTralha safado.
      Vamos combinar o seguinte, eu pago seu aluguel, e vc paga meus juros. Enquanto meu dinheiro vai aumentando seus imóveis vão desvalorizando. 😆 😂.
      PAGUE MEUS JUROS CALADO 😶.

      Excluir
    2. O Profeta cansou de apanhar e resolveu ficar no anonimato...
      Estão a serviço da SECOVI.

      Excluir
    3. (Anônimo 2 de maio de 2017 09:03) Você que pensa querido! Cuidado pois o seu imóvel pode estar na próxima região a ficar mais barata ao invés de valorizada. Quem tem imóvel na Liberdade e tem olho grande pra aluguel, está com o imóvel fechado. Beira o ridículo. Coloca o valor em R$ 1mil, vê que não tá alugando, abaixa pra R$ 950. Enquanto isso, tô aqui indo a pé pro serviço, morando na Sé e meu dinheiro rendendo.

      Excluir
    4. E não esqueça que vc vai pagar IR sobre o aluguel recebido filhote!!!

      Excluir
  36. Você não é vidente também!
    Então já sabe que possuo imóvel, mas quero muito vender, estou aguardando resolver questões particulares, alem de ser poupador.
    Mas não vejo demérito algum ser MST, pelo contrario, na atual situação da economia brasileira, é sinônimo de sabedoria.
    Alugar é para os espertos amigo. Uso o que é seu , a preços módicos até não me interessar mais.
    Meu patrimônio crescendo, qualidade de vida, viajando muito, com saúde, alimentação da melhor qualidade, e você, advinha? passando fome e imobilizado
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo! kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. A resposta do anônimo 09:29 foi para o Vidente.

      Excluir
  37. Temos que agradecer o Visão dos Acontecimentos! Graças a ele, houve tantas repostas bem embasadas tecnicamente provando o contrário que com certeza contribuírão para o crescimento do fórum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior cego é aquele que não quer ver!

      Excluir
    2. Embasadas tecnicamente??
      Kkkkkkk😂😂😂😂😂

      Excluir
    3. Sim anônimo 18:59, tem que peneirar um pouco, mas tem respostas muito bem contextualizadas.

      Excluir
  38. Obrigado vidente por nos mostar que estamos no caminho certo e que imóvel, nos próximos anos, é uma gelada.
    Vou ficar no aluguel.

    ResponderExcluir
  39. Vejo que as apostas estão 99 contra um!
    Mas na história só uma minoria de investidores se dão bem, a maioria perde dinheiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai jogar paciência corvo malandro, querendo enganar quem, com esses apartamentos de 40 metros quadrados a 500.000?

      Excluir
  40. As pessoas pensam que a única maneira de economizar dinheiro é comprando uma casa. Uma casa não é investimento, porque ela não traz rentabilidade todo mês. Na verdade, você gasta dinheiro todos os meses, para mantê-la. Ela não é um ativo, é um passivo. E nada é um bom negócio se você tem que injetar dinheiro constantemente.

    ResponderExcluir