Total de acessos

Teste

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Jornal Hoje: Recorde de imóveis encalhados, descontos e queda dos preços

Os especialistas também apostam que a desaceleração da economia vai derrubar ainda mais os preços dos imóveis

O ano de 2014 terminou com quase 27 mil imóveis novos encalhados na cidade de São Paulo, segundo estimativas do Secovi, o sindicato da habitação. É o maior nível da história, 37% acima do ano anterior.

As construtoras precisam se desfazer do estoque. É com o dinheiro das vendas que as empresas pagam dívidas, investem, constroem novos empreendimentos. Isso faz o mercado girar e esse pode ser um bom momento pra quem quer comprar.

Seis meses depois do lançamento, o imóvel passa a ser considerado estoque. Existem empresas especializadas em vender as unidades. Rogério Santos trabalha nesse mercado e acha que 2015 vai ser o melhor dos últimos dez anos para comprar imóveis.

O cliente pode conseguir bons negócios, com descontos chegando a 30%, segundo ele, em apartamentos menos procurados. “Quanto maior dinheiro você tiver em mãos, maior a probabilidade de você obter um desconto ou poder de barganha mais considerável do que outras pessoas que não têm nada”, fala o diretor da Realton, Rogério Santos.

Apesar dos descontos e "brindes", especialista diz que ainda é melhor esperar
Cozinha planejada já instalada, apartamento todo mobiliado, condomínio pago. As construtoras devem fazer de tudo para seduzir os clientes. Mas o consumidor não pode esquecer que vai continuar responsável pelas prestações de um longo financiamento.

Nesse momento, além dos juros estarem subindo, os bancos estão mais exigentes na hora de conceder o empréstimo. Para o professor de finanças, Michael Viriato, quem não precisa do imóvel para morar já deve esperar.

“Ele deve aproveitar agora em poupar para elevar o caixa e, elevando o caixa, financiar uma menor parcela, dar uma maior parcela de entrada. Dando uma maior parcela de entrada, eventualmente ele consegue negociar melhores condições”, fala o professor do Insper, Michael Viriato.

Os especialistas também apostam que a desaceleração da economia vai derrubar ainda mais os preços dos imóveis.
(Portal G1 - Jornal Hoje - Notícias - 21/-2/2015)

VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

11 comentários:

  1. As construtoras não vão resistir. 2015 o preço do imóvel irá cair sim.
    Se eu fosse comprar, compraria em Nov, Dez.
    Mas como estou interessado em vender meu ap. Vou esperar meados de 2016.

    ResponderExcluir
  2. .
    É tanta idiotice...
    .
    Não existe estoque de imóveis.
    Imóvel não é uma mercadoria onde se faz estoque para vender. Para isso haveria a necessidade de um estoquista, um almoxarifado etc.
    Imagina um vendedor dizendo, para um interessado em comprar em um determinado edifício, que não há mais apartamento à venda, então pára por alguns segundos e diz: um momento vou ver se lá no estoque tem algum apartamentro para vender. É muito ridículo. Estes termos só servem para idiotizar os menos esclarecidos.
    Ou se tem uma quantidade "X" de imóveis à venda ou não tem, e ponto final.
    .

    ResponderExcluir
  3. Se o cara não vende agora, esse comprador só volta daqui a 2 anos quando estiver vencendo o contrato de aluguel... Então galera, bora alugar e deixar os especuladores quebrarem. É lindo de ver os caras realizarem prejuízo e sairem do mercado... a mamata acabou!

    ResponderExcluir
  4. Paulo Cesar-Brasileiro assalariado e palhaço do governo brasileiro23 de fevereiro de 2015 20:18

    VAMOS FALAR SÉRIO AGORA. TUDO ISSO DE RUIM QUE TÁ ACONTECENDO TEM UMA CAUSA E UM NOME QUE É: "O GOVERNO BRASILEIRO DOS ESTADOS UNIDOS DOS PETISTAS DO BRASIL". QUER RECLAMAR PARA O RESPONSÁVEL POR O PAÍS ESTAR IMPLODINDO COMO AS VENDAS DE IMOVEIS, TENTE A MISSÃO IMPOSSIVEL DE IR ATÉ BRASILIA E DIZER QUE TENS DIREITOS E QUER QUE RESPEITEM. BOA SORTE PRÁ TÍ E SE CONSEGUIR SAIR DE LÁ SEM SER PRESO COMO UM BANDIDO POR CAUSA DISSO, ME DÊ A DICA DEPOIS PARA EU TENTAR IR RECLAMAR TAMBÉM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra mim o principal culpado é o brasileiro que sempre quer levar vantagem em cima dos outros e tem preguiça de lutar pelos seus direitos.

      Excluir
    2. Concordo. O pessoal acha que o estoque de otário é infinito. Agora receba.

      Excluir
    3. Concordo. É a "lei de mercado" o estoque de otários baixa e o de imóveis sobe. Receba.

      Excluir
  5. Pois é: o capitalismo selvagem tem altos (farra de investimentos) e baixos (crises). Independentemente de governo, o mundo está agora nas 'vacas magras'. Quem tem imovel pra vender e pagou caro achando que ia ser bom investimento perdeu a aposta e vai levar prejuízo por que o consumidor ficou esperto e sumiu de cena!

    ResponderExcluir
  6. EM BREVE DESCONTOS DE 60% NO MINIMO,POIS ARCAR COM DESPESAS NAO COMPENSAM.....E IMOVEL PARADO E PREJU....SIMPLES ASSIM.....

    ResponderExcluir
  7. ADEUS IMOVEIS CAROS........MELHOR ALUGAR E ESPERAR OS ESTRAGOS DA INADIMPLENCIAS;;;;;;;;;E DOS ENDIVIDADOS.....

    ResponderExcluir
  8. IMOVEIS SOBRANDO E O QUE? RESP. ENCALHADOS

    ResponderExcluir